A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

03/08/2017 17:50

Com efetivo no limite, Guarda Municipal terá concurso para incorporar mais 500

O aumento no quadro da corporação faz parte do planejamento estratégico de segurança pública

Lucas Junot e Anahi Gurgel
Valério Azambuja, secretário especial de segurança e defesa social da Capital (Foto: Mirian Machado)Valério Azambuja, secretário especial de segurança e defesa social da Capital (Foto: Mirian Machado)

Frente a onda de violência na Capital nos últimos dias, o secretário especial de segurança e defesa social da Capital, Valério Azambuja, frisou, nesta quinta-feira (3), a necessidade de ampliar o efetivo da Guarda Municipal, conforme prevê o planejamento estratégico de segurança pública até 2020, por meio da realização de concurso público para 500 novos servidores.

De acordo com Azambuja, o concurso reporá entre 20 e 25% da força de trabalho da Guarda e deverá ser realizado em 2019. Dentro do planejamento, também está prevista a aquisição de viaturas, motocicletas e armamento letal, como pistola calibre 380 para uso individual e armamento de operações calibre 12.

“Toda essa logística das sete bases operacionais da cidade, incluindo esses recursos e aquisições, serão fundamentais em um trabalho preventivo que é realizado em apoio à Polícia Militar”, destaca.

Com 1.190 guardas municipais, a corporação, segundo o secretário, trabalha no limite. “Os guardas atuam na segurança de 350 prédios públicos, incluindo unidades de saúde e educação, que representam 75% do total de instalações da Prefeitura (440)”, frisou.

Além da segurança patrimonial, o efetivo da Guarda Municipal também realiza a chamada “patrulha Maria da Penha” com 30 guardas e dá suporte à Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), com outros 50 membros da corporação.

Guarda oferece palestra sobre prevenção e combate às drogas em Uneis
Jovens da Unei (Unidades Educacional de Internação) Dom Bosco e da Unidade de Internação Feminina Estrela do Amanhã, em Campo Grande, receberam pales...
Cadastramento biométrico é oferecido pela Carreta da Justiça em Anhanduí
Desde o início desta semana a Carreta da Justiça está realizando atendimentos da biometria no distrito de Anhanduí, no município de Campo Grande, gra...


Campo Grande não pode ficar só no tapa buraco. É preciso ter pessoal olhando vários setores de problemas ao mesmo tempo nos bairros. Seria um apoio nos serviços comunitários, com olhos para trânsito e segurança nas escolas, para queima de lixo e mato, para colocação de lixo em lugares irregulares, etc. Não sei se necessita usar arma para isso, talvez boa vontade e gestão com foco.
 
Renato Andreotti em 04/08/2017 07:50:41
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions