A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

07/09/2018 09:02

Com famílias e ato político, desfile reúne plateia de 8 mil pessoas

Palco central da solenidade está montado na Rua 13 de Maio com a Avenida Afonso Pena

Mayara Bueno e Kleber Clajus
Eliane com a bandeira do Brasil acompanha início de desfile. (Foto: Henrique Kawaminami).Eliane com a bandeira do Brasil acompanha início de desfile. (Foto: Henrique Kawaminami).

Marcado para começar às 9 horas, o desfile cívico pelo Dia da Independência, comemorado nesta sexta-feira (dia 7), começa a atrair o público em Campo Grande. O palco principal está montado na Rua 13 de Maio com a Avenida Afonso Pena, no Centro.

Por lá, famílias dizem fazer questão de celebrar o patriotismo, enquantro outro grupo aproveita para protestar. A PM (Polícia Militar) estima que, até agora, já há 8 mil pessoas e o Exército, que promove o desfile, acredita que devem passar pelo evento de 30 mil a 40 mil.

Mãe e filha, Eliane e Neide Tsubota, 57 e 40 anos, contam que ir ao desfile já é uma tradição. Elas chegaram no local às 6h20 para garantir um bom lugar. Para Eliane, se as pessoas ensinarem os filhos desde pequenos, eles passarão a gostar e acompanhar.

Avô, à direita, contando paixão do neto com o Exército. (Foto: Henrique Kawaminami).Avô, à direita, contando paixão do neto com o Exército. (Foto: Henrique Kawaminami).
Família de Eder no desfile cívico desta sexta-feira. (Foto: Henrique Kawaminami).Família de Eder no desfile cívico desta sexta-feira. (Foto: Henrique Kawaminami).

Neide afirma que, a lembrança que tem da infância, é de ir com a mãe e os irmãos para o desfile.

No meio do público, chama a atenção um menino de 7 anos vestido com o uniforme do Exército da Síria. O avô Renato Dib, 67 anos, explicou a cena inusitada. Ele explicou que o garotinho adora as forças militares, inclusive quer seguir carreira, e, por isso, trouxe para ele o uniforme de uma viagem.

Quem também levou a família foi o empresário Heder Echeverria, 36 anos. A filha de 13 anos vai desfilar pela Base Aérea. "É um momento único e um dia patriótico pro brasileiro".

Protesto - Um grupo de 15 pessoas está fazendo um ato político em favor do candidato a presidente pelo PSL, Jair Bolsonaro, que foi esfaqueado ontem durante caminhada em Juiz de Fora (MG). Segundo o militar da reserva, Marcos Carvalho, 51 anos, o ato é em protesto ao atentado e em apoio ao postulante.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions