ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SÁBADO  31    CAMPO GRANDE 21º

Capital

Com produtos vencidos em 2018, três mercados são autuados na Capital

Várias mercadorias fora do prazo de validade estavam expostos para vendas nos comércios

Por Alana Portela | 10/03/2021 09:14
Dois carrinhos cheio de marcadorias e mais duas caixas com produtos vencidos foram apreendidos pelo Procon. (Foto: Divulgação/Procon)
Dois carrinhos cheio de marcadorias e mais duas caixas com produtos vencidos foram apreendidos pelo Procon. (Foto: Divulgação/Procon)

Três mercados foram autuados por estarem oferecendo produtos vencidos aos clientes, em Campo Grande. As irregularidades foram flagradas pelo (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor), que apreendeu as mercadorias que também estavam com embalagens violadas e apresentavam divergência nos preços.

Os comércios são; Caetano Supermercados, no bairro Atlântico Sul; Supermercado São João, no Aero Rancho e a Central Atacadista Batistão localizada no bairro São Jorge da Lagoa.

Nos locais, o Procon encontrou vários produtos apresentando irregularidades como 63,5 quilos de pintado inteiro que estavam com as embalagens violadas. Além disso, 14 unidades de condicionar para cabelos vencidos em 2018 também estavam expostos para venda.

Durante a fiscalização foi apreendido 75 unidades entre roscas e pães diversos, 36 caixas de néctar de maracujá, além de outros produtos  como  polentinha, geleias diversas, 60 unidades de  produtos horti frutis e até massas para pastel, todos fora do prazo de validade.

Dos mercados ainda foram apreendidos 126 unidades de ovos brancos, pães, guaraná, melancia, uva e mais massa para pastel que estavam armazenados de forma irregular e com embalagens violadas.

Além dos produtos vencidos e das embalagens violadas, também havia divergência nos preços entre o cobrado no caixa e o exposto nas gôndolas dos mercados, como café em pó exposto por R$ 5,99 e cobrado a R$ 13,44, polidor para sapatos por R$ 8,99 na  gôndola e cobrado R$ 12,50, etc.

Ao todo, dois carrinhos de compras e mais duas caixas cheias de protudos foram apreendidas pelo Procon.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário