ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, TERÇA  28    CAMPO GRANDE 34º

Capital

Combustível acaba e ladrões e são obrigados a interromper assalto

Por Luana Rodrigues | 21/01/2017 12:30

A falta de combustível no carro livrou um homem de 43 anos de um assalto, seguido de sequestro na noite desta sexta-feira (20), no conjunto residencial Mata do Jacinto, em Campo Grande. Os bandidos mantiveram a vítima como refém por mais de uma hora, mas tiveram que desistir do crime, porque faltou combustível no carro do homem.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, a vítima contou que estava saindo de casa em seu carro, quando foi abordada por dois homens que o obrigaram a entrar no banco de trás do veículo. Depois de circularem por cerca de 30 minutos, os criminosos teriam levado a vítima para uma edícula, e lá a mantiveram refém por mais uma hora.

No local, com a ajuda de um terceiro homem, os bandidos obrigaram a vítima a entrar novamente no carro e o levaram até um matagal próximo a um cemitério na saída para Sidrolândia. Lá, ordenaram que ele ficasse quieto, se não levaria um tiro e, em seguida fugiram em carro vermelho, abandonando vítima e carro.

Quando percebeu que os bandidos haviam fugido, o homem buscou ajuda com um funcionário do cemitério próximo, que lhe emprestou o celular para que pedisse ajuda. Só depois de conseguir socorro a vítima percebeu que os bandidos só o roubaram, porque o carro estava sem combustível.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário