A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

16/06/2014 19:31

Comtur elabora plano municipal para solicitar 2% do orçamento para o turismo

Mariana Lopes
Reunião na tarde de hoje, conselheiros discutiram sobre o plano de turismo de Campo Grande (Foto: Marcelo Victor)Reunião na tarde de hoje, conselheiros discutiram sobre o plano de turismo de Campo Grande (Foto: Marcelo Victor)

Depois da conquista do 1% do orçamento destinado à cultura, agora representantes de órgãos ligados ao turismo de Campo Grande estudam a legalidade para também receber uma porcentagem do fundo municipal e investir no setor, principalmente em uma consultoria sobre o perfil do turista.

Na tarde de hoje (16), conselheiros do Comtur (Conselho Municipal de Turismo de Campo Grande) se reuniram, no hotel Bahamas, para dar início ao projeto de lei que pode mudar o cenário do turismo na Capital.

A proposta inicial é de que 2% do ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza) para o fundo municipal de turismo, o que representa, em média, R$ 5,6 milhões por ano, que serão investidos em projetos que vão beneficiar todo o setor.

A prioridade do setor, segundo a coordenadora da Câmara Empresarial de Turismo, Wlakiria Capusso, é realizar uma consultoria para traçar o perfil do turista que vem a Campo Grande e também sobre os segmentos que podem ser explorados na Capital.

“Por falta de um levantamento, não sabemos nem o quanto que Campo Grande deixa de receber com o turismo por não ter organização, por enquanto é tudo achismo, e não dá para o turismo crescer desta maneira”, ressalta Wlakiria.

Segundo o presidente da Abih/MS (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis), Leonardo Lorenzzetti, o cenário atual do setor dificulta, inclusive, ter uma estimativa do impacto da Copa do Mundo para a economia da Capital.

“Sabemos que passaram alguns turistas estrangeiros por aqui e que isso reflete na economia, pois é dinheiro de fora que está entrando através de restaurantes, farmácias, hotéis. Não foi um impacto muito grande, mas ainda assim, isso é só uma impressão, não há como afirmar”, ponderou Leonardo.

“Toda informação que temos é baseada em dados fornecidos por pesquisas em âmbito nacional, que tentamos adaptar para a nossa realidade para ter uma ideia”, explica o coordenador do Centro de Educação Profissional Ezequiel Ferreira Lima, Diego Garcia Santos.

Potencial – A coordenadora da Câmara Empresarial de Turismo, Walkiria Capusso, destacou que o turismo rural é um segmento com muito potencial em Campo Grande, mas que não há investimento.

“Temos muitas fazendas próximas à cidade, que dá para explorar com o turismo, mas não sabemos nem qual é o perfil do nosso visitante, então temos que começar do zero, buscar alternativas”, ponderou Wlkliria.

O Plano Municipal de Turismo, que foi discutido na tarde hoje, será apresentado nesta quarta-feira (18), na ouvidoria da Prefeitura de Campo Grande, que busca a aplicação de investimentos no setor.

Homem tem picape roubada em conveniência no Bairro Universitário
Homem de 27 anos teve a picape roubada em uma conveniência, por volta das 23h de ontem (14), na Avenida Guaicurus, no Bairro Universitário, região su...
Homem é agredido e sofre afundamento de crânio na Júlio de Castilho
Márcio Ferreira dos Santos, 31 anos, foi agredido e sofreu afundamento de crânio, na noite de ontem (13), na Avenida Júlio de Castilhos, em Campo Gra...
Ceinf recebe nesta quinta parque de pneus construído por detentos
Acontece nesta quinta-feira (14), a partir das 8h no Ceinf (Centro de Educação Infantil) Rafael Abraão - CAIC Aero Rancho, a entrega do parque constr...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions