A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

27/08/2014 12:24

Concessionária pode pedir retirada de acampamento perto de trilhos

Aline dos Santos
Grupo montou acampamento perto de rodovia e linha férrea. (Foto: Marcelo Calazans)Grupo montou acampamento perto de rodovia e linha férrea. (Foto: Marcelo Calazans)

A empresa ALL (América Latina Logística), responsável pela linha férrea no Estado, pode ajuizar ação para retirada de grupo de sem-terra acampado próximo aos trilhos, em Campo Grande, na saída para São Paulo.

De acordo com a assessoria de imprensa, “se constatada a invasão, a empresa ajuizará as ações de reintegração de posse, em razão da sua obrigação contratual e legal de zelar pelo patrimônio da União sob sua administração, além de garantir a segurança dos invasores instalados em área de risco devido à proximidade com a linha férrea”.

O acampamento tem 600 pessoas, cem barracos e uma expressiva frota de veículos: Voyage, Novo Uno Mile, Punto, Gol, Saveiro e caminhonetes. Os trabalhadores rurais sem-terra estão desde segunda-feira às margens da BR-163, ao lado do viaduto Joel Dib. Antes, o acampamento era na região da Gameleira, saída para Sidrolândia.

Também por meio da assessoria de imprensa, a CCR MSVia informou que estuda o assunto e não vai se pronunciar no momento. A empresa assumiu a concessão da BR-163 para cobrança de pedágio. A rodovia está em processo de duplicação.

Com forte dores, mulher reclama de falta de atendimento em UPA
Mesmo apresentando fortes dores e inchaço na região do estômago, sem conseguir comer a três dias, uma mulher que procurou atendimento na UPA (Unidade...
Problema rotineiro, chuva causa alagamentos no bairro Cidade Morena
A chuva que atingiu Campo Grande no fim da tarde deste domingo (17) causou vários problemas à população, desde alagamentos a problemas estruturais em...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions