A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

06/09/2014 11:23

Condutor que matou motociclista corria muito, afirmam testemunhas

Aliny Mary Dias e Filipe Prado
Destroços e marca de frenagem ainda estão na avenida onde a tragédia aconteceu (Foto: Simão Nogueira)Destroços e marca de frenagem ainda estão na avenida onde a tragédia aconteceu (Foto: Simão Nogueira)

Parentes do motociclista Genivaldo de Lima Vieira, 44 anos, morto na noite de ontem (5) após ser atingido por um motorista bêbado vivem a revolta da perda de um pai de três filhos considerado responsável e amigo de todos. Francisco Vogado, 46 anos, conduzia a Ranger XL e está preso.

O acidente ocorreu na Avenida Castro de Lima, no bairro Nova Campo Grande, e o filho de Genivaldo, de 7 anos, estava na garupa e sofreu fratura em uma das pernas. Ele já passou por cirurgia e segue em observação na Santa Casa da Capital.

Testemunhas que viram o acidente, como um homem de 42 anos que preferiu não se identificar, contam que o motorista vive no bairro e que estava completamente bêbado. “Ele estava correndo muito, a uns 140 quilômetros por hora e fazia muito zigue-zague na rua”, conta.

Um dos indícios da alta velocidade do motorista é a marca de frenagem que ficou no asfalto. Há praticamente 1 quilômetro de marca na avenida. Depois da colisão, Francisco tentou fugir, mas foi impedido por pessoas que passavam pelo local. “Ele desafiou a polícia, até fumou dentro da viatura do bombeiro”, conta a testemunha.

Irmã de Genivaldo, Edna Vieira, 33 anos, conta que o irmão era uma pessoa responsável. Ele trabalhava como conferente na empresa Seara e há anos conduzia moto. “Ele tinha muito cuidado no trânsito e quando estava com o filho pequeno redobrava a atenção”, diz Edna.

Além do filho de 7 anos, Genivaldo era pai de um menino de uma menina de 16 anos e um rapaz de 20 anos, que mora em São Paulo. O motociclista era separado da mão das crianças e agora a família estuda com quem ficará a guarda dos filhos menores, já que a mãe é distante das crianças. “Ele era um paizão”, lembra a irmã.

O corpo de Genivaldo está sendo velado na casa dele, no bairro Guanandi e o sepultamento será em Eldorado, onde moram os pais do homem. A saída do corpo para a cidade está marcada para às 15 horas.

Condutor de Ranger atropela e mata motociclista; criança fica ferida
O motorista Francisco Vogado, 46 anos, que conduzia uma caminhonete Ranger XL colidiu e matou o motociclista Genivaldo de Lima Vieira, 44 anos, e dei...
Sesau e SES recolhem quase 10 toneladas de lixo no Jardim Noroeste
A ação de recolhimento de lixo realizada em casas e terrenos baldios no Jardim Noroeste - bairro localizado na regiões leste de Campo Grande - somou ...
Apae recebe doação de brinquedos da campanha Compartilhe o Natal
Foi iniciado nesta segunda-feira (11) a entrega de brinquedos arrecadados na campanha "Compartilhe o Natal", realizado pelo Ministério Público Estadu...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions