ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, DOMINGO  19    CAMPO GRANDE 28º

Capital

Contratados da Omep e Seleta preparam ações na Justiça contra demissões

Por Nyelder Rodrigues | 03/01/2017 21:17

O Senalba-MS (Sindicato dos Empregados em Entidades Culturais, Recreativas, de Assistência Social, de Orientação e Formação Profissional no Estado de Mato Grosso do Sul) realiza nesta semana um plantão jurídico para atender filiados que pretendem entrar com ação contra a demissão em massa na prefeitura.

O sindicado representa os funcionários municipais contratados através dos convênios realizados entre prefeitura e as ONGs Seleta e Omep, que foram suspensos pela Justiça à pedido do MPE (Ministério Público Estadual), que indica haver esquema para a contratação de funcionários fantasmas.

O judiciário também determinou a demissão de todos os 4 mil trabalhadores terceirizados. A situação fez com que serviços como Ceinfs (Centros de Educação Infantil) antecipassem o recesso e o Cetremi fosse suspenso por falta de funcionários. Após apelação, trabalhadores ligados à assistência social puderam retornar ao trabalho.

A maioria dos trabalhadores está sem receber 13º e os salários há vários meses. O atendimento será feito até sexta-feira (6), das 8h às 12h, na sede da Senalba, que fica na rua Pimenta Bueno, 299, bairro Amambaí.

É pedido que os funcionários levem para a consulta jurídica documentos pessoais, os últimos holerites, carteira de trabalho e qualquer outro documento que entendam ser importante. Serão atendidos apenas os que, de fato, fossem ajuizar ações individuais e que estiverem com os documentos.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário