A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

21/01/2015 17:30

Coronel de 75 anos morre eletrocutado ao colher manga no Seminário

Ricardo Campos Jr. e Alan Diogenes
Vara metálica usada para pegar mangas que causou o choque (Foto: Alcides Neto)Vara metálica usada para pegar mangas que causou o choque (Foto: Alcides Neto)

O coronel aposentado da Aeronáutica Israel Silva Cavalcante, 75 anos, morreu enquanto tentava colher mangas em frente de uma residência na rua Marajó, no Jardim Seminário, na tarde desta quarta-feira (21). Ele subiu na árvore com uma escada e usava uma vara metálica desmontável para derrubar as frutas. Os bombeiros suspeitam que ele tenha sido eletrocutado ao encostar em fios de alta tensão que passam por entre os galhos.

Filho do idoso, o aviador Marcos Vinícius Cavalcante, 48 anos, esteve no local do incidente e contou ao Campo Grande News que o pai tinha costume de sair de carro pela cidade no fim da tarde e parava em imóveis quando avistava árvores carregadas de frutas. O homem então pedia aos donos para colhê-las e as levava para casa, no bairro São Francisco.

Marcos Vinícius acredita que o pai, ao contrário do que disseram os bombeiros, pode ter sofrido mal súbito, pois já vinha apresentando problemas de saúde em razão da idade avançada.

Além do Corpo de Bombeiros, equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) esteve ao local para atestar a morte. A dona do imóvel não estava em casa, pois havia saído para o trabalho. Não havia ninguém no local. A mangueira fica atrás de um muro na parte da frente da residência. Israel apoiou a escada pela calçada para conseguir subir na árvore.

O filho dele disse que o pai sempre levava o “equipamento” para colher frutas no porta-malas do veículo.

Sargento Eduardo Lopes, do Corpo de Bombeiros, recomenda às pessoas que evitem colher frutos em locais próximos à rede de alta tensão e, caso o façam, que não usem instrumentos metálicos, mas sim de madeira.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions