A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Agosto de 2018

02/10/2015 16:04

Corregedoria afasta guardas municipais acusados de assassinato

Michel Faustino

Os guardas municipais Emerson Pecorari da Silva e Fábio Augusto Souza envolvidos no homicídio de um jovem, de 23 anos, assassinado com três tiros no pescoço na noite de ontem (2), no Jardim Aero Rancho, foram afastados de suas funções pela corregedoria da GCM até a conclusão das investigações que estão sendo conduzidas pela Polícia Civil. Fábio é apontado como o autor dos disparos que matou Felipe Cardoso da Silva.

Segundo informações da GM, a arma utilizada no crime, uma pistola Tauros 380, que foi apreendida pelos investigadores, é particular, não tendo nenhuma ligação com a corporação, e que Emerson teria a emprestado para Fábio, que não possui permissão para uso de arma de fogo e estava de folga no momento do ocorrido.

A assessoria da Guarda garantiu que o caso está sendo acompanhado pela corregedoria e se for comprovada a participação dos servidores eles poderão ser exonerados.

Crime – Segundo informações da polícia, o guarda municipal Fábio teria ido até a base da GCM (Guarda Civil Municipal), que fica localizada na Avenida Ernesto Geisel, e chamou um colega de trabalho para ir com ele até o bar comprar bebidas para a comemoração de seu aniversário.

Lá ele encontrou um homem com quem teria uma rixa e iniciou uma discussão que resultou em confusão generalizada. Pouco tempo depois Fábio voltou para a base da Guarda e convenceu Emerson a ir ao bar para resolver a “treta”. Momento em que Emerson teria emprestado a arma para Fábio.

Fábio chegou ao bar e atirou em Felipe, que não tinha nada a ver com a confusão. Emerson voltou para a base da guarda e Fábio fugiu. O guarda que estava de serviço foi preso em flagrante por ter emprestado a arma. Fábio permanece está foragido.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions