A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 20 de Maio de 2019

18/04/2019 21:06

Da “família do samba”, morto com 14 facadas será homenageado por escola

Valério Encina, deve ser homenageado pela escola que frequentava há seis anos na Capital

Adriano Fernandes, Clayton Neves e Danielle Valentim
Valério Encina faria 48 anos no próximo dia 28 de abril. (Foto: Reprodução/Facebook) Valério Encina faria 48 anos no próximo dia 28 de abril. (Foto: Reprodução/Facebook)

O clima de tristeza durante o velório de Valério Encina, de 47 anos, na noite desta quinta-feira (18), reflete o quão querido era o vendedor, assassinado com 14 facadas, nesta madrugada no Jardim Leblon. Visivelmente emocionados, dezenas de familiares e amigos do rapaz lotam a Funerária Campo Grande, na Rua Treze de Maio.

Abalado, o irmão do rapaz pediu desculpas, mas resumiu que nenhum dos familiares estava em condições de dar entrevista. Se por um lado são muitas as incógnitas sobre as circunstâncias da morte do vendedor, na memória dos colegas, a maior certeza é de que o amigo simpático, dedicado e admirador do samba, ainda vai fazer muita falta. 

Valério fazia parte da escola Catedráticos do Samba, há 6 anos, onde sempre desfilou como destaque dos carros alegóricos. “Mas ele não era só um integrante, apenas mais um membro. Ele era da família do samba”, comentou a investigadora da Polícia Civil e diretora-financeiro da escola, Maria Campos.

Familiares e amigos na Pax onde o rapaz é velado esta noite (18). (Foto: Danielle Valentim) Familiares e amigos na Pax onde o rapaz é velado esta noite (18). (Foto: Danielle Valentim)

O carinho é tanto que em 2020, uma das alas da escola será em homenagem ao vendedor. “Ainda será discutido como será feita essa homenagem, mas certamente vamos falar sobre ele em uma das alas”, também explicou a presidente da escola, Marilene Pereira de Barros.

Marilene também lembra da simpatia e dedicação de Valério, que inclusive, confeccionava as fantasias que usada para desfilar na avenida. “Ele fazia a própria fantasia nos dias de folga, participava de todos os eventos da escola. Era uma pessoa maravilhosa”, lamentou. No próximo dia 28 de abril, o rapaz iria fazer 48 anos.

O velório do vendedor está previsto para terminar às 10h desta sexta-feira (19). Em seguida ele será sepultado no Cemitério Santo Amaro.

Crime brutal - O corpo de Valério Encina foi encontrado dentro do carro, na Rua Clineu da Costa Moraes, no Jardim Leblon. De acordo com boletim de ocorrência, o companheiro dele relatou que o vendedor saiu de casa por volta das 4h para passar em uma conveniência e comprar bebidas.

Imagens de circuito de segurança mostram o carro conduzido por Valério passando em velocidade reduzida na rua, parando depois de subir na calçada e bater em um muro, o que teria ocorrido às 4h08.

O corpo dele foi encontrado por motorista de aplicativo que passava pela rua e viu o carro encostado no muro. A testemunha se aproximou do automóvel e percebeu que havia uma pessoa dentro dele. A polícia foi acionada e constatou a morte de Valério, mas até então ninguém foi preso. 

No fundo da imagem, Fiesta que a vítima conduzia quando foi atingido por 14 facadas. (Foto: Henrique Kawaminami) No fundo da imagem, Fiesta que a vítima conduzia quando foi atingido por 14 facadas. (Foto: Henrique Kawaminami)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions