A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Setembro de 2019

21/08/2019 23:13

De capataz a políticos, Câmara exalta “histórias de vida” em homenagens

Sessão solene alusiva ao aniversário da Cidade Morena entrega 87 homenagens a pessoas tidas como “referência” para a sociedade

Humberto Marques
Solenidade lotou o Centro de Convenções na noite desta quarta-feira. (Foto: Paulo Francis)Solenidade lotou o Centro de Convenções na noite desta quarta-feira. (Foto: Paulo Francis)

A Câmara Municipal realizou na noite desta quarta-feira (21) a tradicional solenidade para entrega de homenagens alusivas ao aniversário de Campo Grande, promovida no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo. Nos 120 anos da Cidade Morena, foram 87 agraciados com a comenda, entre autoridades e personalidades da sociedade até a nomes menos conhecidos mas que, segundo o presidente da Casa de Leis, João Rocha (PSDB), “têm histórias de vida nas quais contribuíram, contribuem e continuarão a contribuir para o desenvolvimento da cidade” por meio dos exemplos que representam.

Indicados pelos vereadores, os homenageados, sejam pessoas físicas ou empresas, receberão três diferentes títulos: o de Cidadão Campo-Grandense, aos membros da sociedade local que nasceram em outros municípios, Medalha do Mérito Legislativo e de Cidadão Benemérito, aos filhos da cidade que se destacam por suas atividades e ajudam no crescimento da cidade –sendo o último entregue ao governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e ao prefeito Marquinhos Trad (PSD).

Essa ajuda, frisou Rocha, não vem apenas por ações de maior visibilidade: segundo o vereador, com solenidades como esta, a Câmara procura dar à cidade, “referências, exemplos de valores, de atitudes, de ações, trabalhos e contribuições para a comunidade. Isso serve para dar visibilidade à sociedade, para que sirvam de referência para que acreditemos em dias melhores”.

Honraria – Desta forma, ao lado de homenageados como o governador, o vice-governador Murilo Zauith (DEM), a ministra Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e o prefeito, figuraram médicos, empresários, membros da Maçonaria, lideranças comunitárias e trabalhadores rurais, caso do capataz Zenando Ferreira que, aos 80 anos e natural de Aquidauana, viu a cidade que escolheu para se instalar com a família lhe reconhecer também como filho.

Rocha destacou que homenageados servem de exemplos de valores para a sociedade. (Foto: Paulo Francis)Rocha destacou que homenageados servem de "exemplos de valores" para a sociedade. (Foto: Paulo Francis)

“Para mim, (o título de Cidadão Campo-Grandense) significa uma alegria muito grande, de uma grande amizade, um grande poder”, disse, emocionado, o trabalhador rural que enumerava as propriedades nas quais trabalhou no município e também no Pantanal –onde, atualmente, trabalha na região do Nabileque–, e feliz por ter alguns dos patrões na plateia.

“Busquei minha atividade sempre com carinho e amor, cumprindo minha palavra como homem trabalhador que criou seis filhos”, disse Zenando, ao disparar elogios à “cidade alegre e muito boa” que escolheu para viver. “Tenham companheirismo e sigam em frente para levar nossa cidade na palma de suas mãos”, prosseguiu.

Também feliz por receber o título de Cidadão Campo-Grandense após décadas na cidade, o médico oncologista Moacyr Basso Junior veio com a família do Paraná tentar a vida na Cidade Morena. Aqui, entre as atividades exercidas, esteve a participação na fundação do Hospital de Câncer Alfredo Abrão, do qual foi diretor clínico e onde, até hoje, milhares de vidas são salvas.

“Não plantamos coisas para colher na frente, fazemos o que é nossa obrigação fazer. Sou imigrante, mas sempre imaginei essa casa, Campo Grande, como a terra do leite e do mel. Hoje, aqui, sinto-me realizado”, disse. Na Cidade Morena, conheceu a mulher “campo-grandense da gema” e viu os filhos nascerem. “Amo essa cidade de coração”, complementou.

Zenando escolheu Campo Grande para criar os filhos e exalta qualidades da cidade. (Foto: Paulline Carrilho/CMCG)Zenando escolheu Campo Grande para criar os filhos e exalta qualidades da cidade. (Foto: Paulline Carrilho/CMCG)

Agraciado com o título de Cidadão Benemérito, Reinaldo lembrou da “alegria enorme de ser campo-grandense de nascimento” e de governar o Estado no 120º aniversário da cidade. Ele destacou a parceria com os vereadores. “Muito do que acontece em diversos bairros é oriundo da relação com os vereadores, que têm as demandas diárias da população”, destacou, atribuindo à Câmara e os demais homenageados responsabilidade por fazer de Campo Grande “uma das mais belas capitais do nosso país”.

Marquinhos Trad, por sua vez, lembrou do processo de formação da cidade, “quando, há 120 anos, um mineiro com uma tenda começou algumas vilas. De vilas, viraram regiões; das regiões, um povo; e do povo uma cidade”. Destacando ainda a vinda de brasileiros de diferentes regiões, o prefeito avaliou que o campo-grandense “é um povo cada vez mais ordeiro em busca do progresso”.

Outro novo cidadão da Capital, Murilo Zauith considerou “uma consagração para minha carreira pública” o recebimento do título em uma cidade que, politicamente, ele disse ter sido sempre bem recebido. Já o presidente da Assembleia Legislativa, Paulo Corrêa (PSDB), homenageado com a Medalha do Mérito, destacou que a iniciativa dos vereadores valoriza a própria Câmara “a partir do momento em que mostra o que as pessoas têm feito por Campo Grande”.

Além do título, a solenidade contou com exposição de fotógrafos com imagens de diferentes paisagens urbanas e pontos turísticos da Capital.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions