A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

04/04/2018 23:55

Decisao do STF sobre Lula é comemorada com fogos

Moradores a favor da condenação do ex-presidente não disfarçaram a empolgação, depois de 11 horas de julgamento.

Adriano Fernandes e Marta Ferreira

A decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) negando o habeas corpus do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, foi comemorada por moradores com fogos de artifício por alguns bairros da Capital. Os estouros foram ouvidos de regiões como Vila Margarida e Giocondo Orsi e também no Jardim dos Estados.

Os movimentos que desde a última semana, se manifestavam pela prisão de Lula, haviam programado uma carreata, mas não há informações sobre manifestações em razão do horário.

A votação - Com um empate em 5 a 5 durante a votação dos ministros no Supremo Tribunal Federal, esta noite (04) coube à ministra Cármen Lúcia desempatar o julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Os ministros Edson Fachin (relator), Alexandre de Moraes, Roberto Barroso, Rosa Weber e Luiz Fux votaram contra a concessão do habeas corpus. Já os ministros Gilmar Mendes e Dias Toffoli votaram no sentido de afastar a execução provisória da pena antes do julgamento de recursos pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

O ministros Ricardo Lewandowski e Marco Aurélio concedem a ordem para assegurar ao ex-presidente o direito de permanecer em liberdade até o trânsito em julgado da sentença penal condenatória.

Antes do voto de minerva da ministra, o decano do Supremo ministro Celso de Mello, completou os cinco votos a favor da concessão de habeas corpus preventivo para evitar a execução provisória da condenação do ex-presidente.

A ministra, por sua vez, também votou contra a concessão do habeas corpus.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions