A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 23 de Abril de 2019

12/08/2018 19:34

Delegado orienta como não cair em golpe do cartão no caixa eletrônico

Caso com idoso despertou alerta para ter certeza com quem se fala

Kleber Clajus
Vítima de 75 anos teve cartão de crédito preso no caixa eletrônico de supermercado na Vila Planalto (Foto: Marina Pacheco)Vítima de 75 anos teve cartão de crédito preso no caixa eletrônico de supermercado na Vila Planalto (Foto: Marina Pacheco)

Nunca passe dados pessoais comprometedores. A orientação parece simples, mas deve ser acompanhada de outros itens de segurança para que não se caia em golpe como o aplicado, neste domingo (12), em idoso que teve R$ 18 mil gastos ou transferidos da conta corrente.

Enilton Zalla, delegado plantonista da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro, orientou que mesmo ao ligar para o serviço de atendimento dos bancos ou de caixas eletrônicos o cidadão deve solicitar também a reconfirmação de seus dados para ter certeza de que fala com um funcionário ou não da empresa, bem como ter no celular ativado serviço que informe sobre as movimentações financeiras. "Percebeu algo errado, ligue no banco".

Sobre o caso deste fim de semana, registrado como estelionado, a vítima de 75 anos disse que seu cartão de crédito ficou preso no caixa eletrônico de supermercado na Vila Planalto. Ao lado havia um cartaz com número 0800 para solucionar o problema. Este passou todos os seus dados bancários e senhas, sem desconfiar que fosse um golpe. Na sequência, ele recebeu alertas sobre compras e transferências que totalizaram R$ 18 mil. 

O Campo Grande News ligou para o número informado no boletim de ocorrência, contudo este direcionava a chamada para a caixa de mensagens de uma linha celular. Mesmo que a polícia tenha condições de localizar os estelionatários, o delegado reforçou ser primordial o registro da ocorrência até para o ressarcimento de valores desviados da conta do cliente.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions