A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

03/03/2013 09:49

Depois de confusão, carro é incendiado na Duque de Caxias

Viviane Oliveira
O carro, um Gol de cor vermelha, ficou totalmente destruído. (Foto: Pedro Peralta)O carro, um Gol de cor vermelha, ficou totalmente destruído. (Foto: Pedro Peralta)
No local da bagunça, copos descartáveis, latas de cervejas, energéticos e garrafas de vodka espalhados para todo lado.No local da bagunça, copos descartáveis, latas de cervejas, energéticos e garrafas de vodka espalhados para todo lado.

Um veículo Gol foi incendiado na madrugada deste domingo (3) no mirante do Aeroporto Internacional, na avenida Duque de Caxias, em Campo Grande. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o incêndio foi criminoso.

De acordo com informações apuradas pelo Campo Grande News, após confusão no local, um grupo de jovens que havia brigado com outro, acabou colocando fogo no veículo, um Gol de cor vermelha. Ninguém ficou ferido ou foi preso.

Os moradores da região do Jardim Aeroporto reclamam das constantes bagunças no mirante, onde de dia a população se concentra para observar pousos e decolagens de aeronaves.

À noite, o local é tomado por homens, mulheres e adolescentes que chegam a fechar a avenida nos dois sentidos. Carros com som potente, bebidas alcoólicas para qualquer tipo de cliente, inclusive menores, adentram a madrugada, são algumas das reclamações de quem vive na região.

Hoje pela manhã no local, além do carro que ficou totalmente destruído, o cenário era de muito lixo. Copos descartáveis, latas de cervejas, energéticos e garrafas de vodka espalhados para todo lado.

Morador do Jardim Imá, um pecuarista de 60 anos, conta que o dia de maior movimento é no sábado. “Além da bagunça que eles fazem, aqui é ponto de prostituição e venda de drogas”, afirma pedindo para não ser identificado.

O taxista Claudeomar Luiz Panta, de 30 anos, reclama que por causa da aglomeração nos fins de semana tem dificuldade até para passar com o carro na via. “De madrugada isso aqui vira uma bagunça”, protesta.

Conforme os moradores, a Polícia Militar até vai ao local, mas depois que ela vira às costas a bagunça começa de novo. “O jeito era uma viatura permanecer aqui, só assim nós conseguiríamos dormir nos fins de semana”, finaliza o pecuarista.



Meu comentario nao é sobre o que aconteceu sim quanto local ali é local bonito bom tomar um ar escultar uma musica terere acho ninguem tem direito proibi nada, agora se alguem descuplindo lei ai sim tem prende e ponto final, nos tamos pais democratico.
 
Macário Gomes da Silva em 07/03/2013 17:30:36
Que vergonha, Campo Grande esta cada vez pior nesse sentido, por isso me mudei para bem longe, tenho vergonha quando vejo esse tipo de coisa. Aff
 
Camila Oliveira em 05/03/2013 06:43:47
Realmente é muito triste toda essa situação,primeiro é que tem pessoas que confundem as coisas,acham que prá se divertir ,precisam fazer muito barulho,arruaças,brigas,depredações e por aí vai...e como disse uma pessoa aqui, o agetran tá muito preocupado em multar pessoas que estão trabalhando ou passam um pouco do seu tempo de parquímetro,mas,fiscalizar quando não estão no horário deles ,nem pensar!!!!Só o nosso horário que eles não perdoam!!!E além do mais, o cartão de visita de Campo Grande,fica muito à desejar!E o nosso estado leva a má fama...triste isso...
 
Helena Centurião em 04/03/2013 17:17:56
no dia do fato passei pelo local,eles estavam destruindo o carro e roubando baterias e rodas,havia mais ou menos uns 10,liguei para a policia e disseram que ja haviam solicitado uma viatura e que ja estavam a caminho.mas nao apareceram,cai logo apos atearam fogo no carro, a regiao esta um caos, quem trabalha ou mora proximo ao local esta sujeito a tudo ali.
uma pena por que o local é muito bonito,durante o dia era muito bom pra leval a familia.
 
Rafael Ruiz em 04/03/2013 15:42:44
É uma recepção decepcionante para turistas que vêm conhecer Campo Grande via aeroporto. Quem sai do aeroporto e vê aquelas cenas já pensa que Campo Grande é um paraíso para o turismo sexual, já está na hora do prefeito desativar aquilo lá.
 
Jorge Souza em 04/03/2013 13:32:25
é só cercar os terrenos que tem em frente ao aeroporto prender quem vende bebida alcoólica,encaminhar os menores para o conselho,pintar os meios fio de amarelo e descer a caneta em quem parar em lugar proibido
 
denise silva em 04/03/2013 13:21:18
É a coisa mais simples do mundo acabar com a baderna que se vê na Duque : cercar os terenos no sentido centro-bairro e acionar as polícias ambiental e militar. A primeira para multar por poluição sonora e a segunda para prender veículo e condutor. Como a via é pública, o constrangimento imposto aos que trafegam pelo local ou moram nas imediações deveria ser alvo de medidas por parte no MP. Mas como a cidade há anos não tem prefeito a coisa tá do jeito que tá.
 
adelar francisco taffarel em 04/03/2013 12:46:27
Os jovens de hoje não sabem se divertir sem baixaria,as meninas do funk,estão se perdendo pois a musica sugere isso,então vira bagunça total e as familias ficam novamente sem ter para onde ir,e acaba ficando dificil pois seus filhos tbm são jovens e gostariam de se divertir,apreciar esse cartão postal, e lamento muito essa bagunça toda ser na entrada principal de visitantes a Campo Grande,que cartão de visitas oferecemos a nossos visitantes , é uma vergonha,espero que com esses acontecimentos as autoridades fechem aquele ponto de perdição e libere para as familias poderem levar seus filhos,eu quero levar os meus, mas: não dá.
 
Lucas da Silva em 04/03/2013 12:45:49
A agetran deveria atuar também na duque de caxias!!! Fica só dentro do aeroporto e la fora vira uma zona....multar gente de bem e deixar a muvuca correr solta não adiante e só causa revolta
 
Glaurung enthroned silva em 04/03/2013 12:45:04
Infelizmente o ser humano e complicado pois essas pessoas nao sabem aproveitar o que temos de bom na cidade, quando se tem melhorias eles so sabem estragar moro aqui na regiao e sempre passo na frente e uma falta de respeito com todos nao da nem pra levar nossos filhos pra se divertir. Pois sao meninas quase nua, drogas, brigas e muita bebida nao da pra passar na via... A policia tinha que ficar mais atenta pois daqui uns dias acontece algo pior....
 
Daiane Esquian em 04/03/2013 11:49:00
Esse fatídico cenário reflete a crítica situação da educação em nosso país.
Pais que não educam seus filhos dentro de suas próprias casas.
Consequentemente, jovens que não compreendem a necessidade de preservação do espaço comum e não têm respeito à própria sociedade.
E após, a falta de mecanismos públicos eficientes (policiamento ostensivo + Administração Pública) para a prevenção de tais acontecimentos.
No fim, tudo acaba/começa na educação.
Um paradoxo interminável...
 
Caroline Nunes em 04/03/2013 11:48:00
É uma pena morar em um lugar onde a Polícia tem medo de arruaceiros. Seria tão fácila acabar com isso, bastava a polícia fazer plantão no local. A Agetran só gosta de multar no aeroporto, já na Duque de Caxias não tem problema os carros ficarem estacionados na via, motoqueiros sem capacete empinado moto, isso não importa.
Nossas autoridades estão com medo, e isso é um mal sinal.
 
Pedro Alcantara Machado em 04/03/2013 11:41:33
Eu moro próximo ao local e acho muito legal a iniciativa do pessoal em fazer o ''fervo'' neste local, além de ser um local onde podemos descontrair e tomar nossa cachaça de boa, além de não ter nenhuma residencia próxima ao local, aaaaaaaaaa LE LEK LEK LEK
 
José Otavio Mosquito em 04/03/2013 10:47:10
Dia destes eu passava por esse mirante bem cedinho e pude ver e ouvir coisas lamentáveis, havia jóvens e parecia até que tinha menores de idade, meninos e meninas com bebida não mão, em visível estado em embriaguês, carro estacionado com som altíssimo, falando palavrões e alguns rapazes até urinando local.
 
Délcio Vilela em 04/03/2013 09:58:26
O problema não está no local onde as pessoas se encontram, já que em nossa cidade a restrição com relação à diversão é enorme. Mas sim no tipo de gente que frequenta o local citado na reportagem! Se houver fiscalização o ponto de encontro pode continuar sendo usado. O problema é que os jovens arruaceiros não sabem aproveitar nada.
 
Adriano Humberto Ferreira de Souza em 04/03/2013 09:55:57
Fica a sugestão para os Senhores legisladores, que tal, uma lei que defina que o som de qualquer automóvel não possa ultrapassar um raio do 2 metros do carro, caso ultrapasse multa, em caso de persistência cada vez que o carro for pego dobra-se a multa.
 
Ricardo Almeida em 04/03/2013 09:50:23
A própria prefeitura incentiva a baderna OFERECENDO à esses arruaceiros locais para este tipo de acontecimento ... Lamentável !!!
 
Jessica Andrade em 04/03/2013 09:08:03
Esses otário que ficam falando mal da policia não sabem que o efetivo de Campo Grande não é suficiente para atender 60% das ocorrências de sabado a noite! Falam, falam mas não fazem nada, vão cobrar concursos para pm assim como no Paraná onde abriram-se 4500 vagas, não 200 como é falado sobre o proximo concurso daqui!
 
Claudio da Silva Prates em 04/03/2013 09:03:33
A culpa é da constituição de 1.988 que concedeu muito direito, e hoje nossas autoridades constituidas dos 03 poderes estão perdidinhas perdidinhas só analisando os direitos esquecendo-se que antes do direito vem o dever, por isso que a bagunça está generalizada e não tem fim. Coitado de quem é correto e está planejando ser pai não sei como vai se virar prá criar seus filhos, por que o bicho tá pegando.
 
Carlos Fortti em 04/03/2013 09:03:17
Acabar com a baderna nesse local é muito simples: por parte da prefeitura, a identificação de vendedores ambulantes sem licença e combate à poluição sonora. Pelo Estado/polícia um trabalho policial de inteligência para identificar traficantes e a construção de um posto no local, ou mesmo a presença constante de uma viatura...se nada disso der certo...chá de tonfa, cacetete e spray de pimenta/gás lacrimogêneo nesse bando de baderneiros!
Vamos vencê-los pelo cansaço!
 
Bruno Costa em 04/03/2013 08:47:44
É LAMENTAVÉL. DEPENDE SÓ DOS ORGÃOS MUNICIPAIS TOMAREM MEDIDAS MAIS SÉRIAS PARA TIRAR DA ROTINA OS BADERNEIROS QUE FAZEM DOS LOCAIS ABERTOS PARA MOSTRAR A SUA FALTA DE EDUCAÇÃO E DE RESPEITO AOS LOCAIS PÚBLICOS.
 
neuza borges leal em 04/03/2013 08:40:19
Isso só tem uma explicação nua e crua = DROGA. Atrás disso tudo tem o traficante que tá vendendo a rodo. Arrocha polícia e a população agradece, pois tem certos pais que fazem de conta que não sabem o que os filhos estão fazendo na madrugada a fora.
 
Carlos Marques em 04/03/2013 08:36:05
Sr Jorge Souza
Eu acredito que o problema não esteja no mirante e sim em algumas pessoas que o requentam, pois sempre levo minha filha lá e nunca tive problemas e nem os causei, embora sei que o grande problema ali são os maus frequentadores principalmente no período noturno (não que todos que lá frequentam durante a noite são problemas)
Minhas sugestẽs são as seguintes:
1) façamos um abaixo assinado e vamos fechar o mirante.
2) o senhor nos informa o seu endereço para onde iremos “dirigir” os arruaceiros para sua residencia e todos ficaremos felizes.
Que tal?
 
Alex André de Souza em 04/03/2013 08:26:09
Há muito tempo ocorre isso no local...se as autoridades ainda não resolveram é por falta de interesse, pois um bom policiamento constante aos sábados e dias de bagunça, iria resolver a situação. Mas como não se faz nada, quem paga é a população que não pode nem frequentar o local que seria adequado para lazer e esporte em família, infelizmente...
 
Alexa Lopes em 04/03/2013 08:20:48
Agora alguém pode me explicar uma coisa... Onde está a policia, se não estão na Afonso Pena, se não estão no Aeroporto e se não estão nos bairros? Estão ocupados tomando café?
 
mychelle sobral em 04/03/2013 08:19:18
acho que o nossos queridos vereadores podia fazer uma lei municipal para acabar com esses som automotivo!! pois eles nao respeita as pessoas!! e ainda dou uma sugestao os guardas municipais estao com muita vontade de trabalhar entao vamos montar uma guarda eficiente para ajudar a policia para fazer esse trabalho, e uma vergonha nao termos uma guarda para autuar em conjunto com a PM da gosto de ver a guarda de dourados!! tomem vergonha vamos aparar a guarda municipal e dar mais dignidade para que eles possam juntos com os amarelinhos e junto com a PM voces vao ver que vai melhorar.....
 
amison matos em 04/03/2013 08:17:07
Respondendo ao SR Jorge Souza a culpa não é de quem inventou o mirante, pois a ideia era proporcionar as pessoas um espaço para observar o pouso e decolagem das aeronaves como há em várias capitais do país, mas infelizmente os baderneiros de plantão se aproveitam dessas áreas para fazerem baderna a policia tem que intensificar os patrulhamentos na área de descer o porrete nestes baderneiros.
 
Jonas Dias em 04/03/2013 07:53:20
Eu morro próximo ali, e todos dias passo na frente do aeroporto , durante a semana de segunda a sexta feira e bem tranquilo aonde família levam as criança o pessoal faz caminhada. Sábado e domingo a pouca vergonha começa, meninas menor de idade dançando praticamente nua, bebendo, som auto de mais, a verdadeira arruaça. Jovem bebi e saem da li bêbados, uma pouca vergonha, acho que a policia tinha que monta um ponto ali sim ou chegar do nada no sábado anoite e verificar todos , carros documentos, se são de menores, claro se for tem que ir no mínimo uns 30 carros pois e muita gente para ser abordada.
 
Glaucia Souza em 04/03/2013 07:46:45
E as piriguetes que lá frequentam são bem feinhas hein, hehehe!!!
 
Kaio Gleizer em 04/03/2013 07:30:46
Realmente um foto lamentavel, que imagen essas pessoas estão pasando aos vizitantes da cidade, um lugar onde foi feito para pessoas normais paciarem com sua familia nos fins de semana, vira essa poca vergonha...
 
jeniffer caramalac em 04/03/2013 07:21:02
Não acredito no que venho vendo nestes últimos dias..moro muito próximo e já ha muito tempo...e nunca vi nada igual...Esse bando de marginais estão acabando com o sossego que era essa região..é um bando de motoqueiros que ficam insultando os policias, quando a policia chega ao localll saem correndo com essas porcarias de motos barulhentas e ficam alertanto outros bandidos com buzinas..em quanto a policia fica no local eles ficam escondidos nas ruas paralelas a duque de caxias, só aguardo a ida dos mesmos...TENHO FÉ EM QUE TUDO ISSO VAI ACABAR TEMOS QUE ACREDITAR NO POLICIAIS COMPETENTES, SENDO BEM SINCERA GOSTARIA DE VER A POLICIA CHEGANDO JUNTO...
 
Isabela N Silva em 03/03/2013 23:51:09
Não policial, mas vou ensinar a polícia a trabalhar:
1. ao realizarem essas operações aos domingos, devem ser colocados policiais e viaturas à paisana entre os baderneiros daquele local;
2. Como muitos motociclistas fogem na contramão da Duque de Caxias, devem ser colocados policiais à paisana com viaturas na rua em frente à Base Aérea (ao lado do futuro posto de combustível) para pegar os fugitivos;
3. Um forte trabalho prévio de Inteligência irá identificar os traficantes, foragidos da Justiça, membros do PCC e outros tantos criminosos que frequentam o local em frente ao aeroporto.
Os bandidos pesados vão desfrutar do produto do crime naquele local, consumindo bebidas e saindo com prostitutas. Fica a dica à Polícia Civil e à PM.
 
José Roberto Taveira em 03/03/2013 23:45:55
Essa nossa polícia é uma piada mesmo!!!
 
Cezar Pinheiro em 03/03/2013 23:39:41
A discussão se deve a falta de iniciativa do Poder Público, pois, esses maus elementos causam transtornos aos cidadãos comuns, pela repetição da situação em vários bairros da cidade. Outro dia, o CAMPOGRANDENEWS elogiava a iniciativa de alguns indivíduos da Cophavila II, na recuperação de pista de skate na Rua Marambaia com a Rua da Baleia, depredada pela atitude nada recomendável dos próprios frequentadores/baderneiros, que tornaram o local diariamente, em ponto de consumo de droga, prostituição, com som alto, quebra de garrafas, tiros, pipa cerol e outros. O prejuízo é do cidadão trabalhador, que paga seus impostos e não pode descansar. Policia, não atende. Se o morador intervir, se torna vitima, com retaliação dos bandidos. Socorro autoridades, Coronel Adib... retome suas atividades.
 
Paulo garcia em 03/03/2013 21:31:43
Tristeza: em ver os jovens sem famílias,dessa forma tentando ser feliz, fui jovem , mas tive pai e mãe juntinho a mim, hoje onde se escondem esses pais... famílias desestruturadas os filhos se estruturam em bares e vícios... infelizmente...
 
Célia Campos em 03/03/2013 21:03:11
esse carro estava capotado... tenho fotos dele... e tinha muita gente ao redor...
 
Rodrigo Barros Loureiro de Oliveira em 03/03/2013 19:37:06
Aqui temos um bairro com nome estranho chamado Aero Rancho.

O mirante será chamado de Aero Bando!
 
Cristiano Arruda em 03/03/2013 19:35:47
Caramba acabar com o mirante.....não é melhor acabar com o funk? cadê o conselho tutelar? tem é que botar esse aruaceiros pra correr de lá, simples assim ! que cartão postal lindo o mirante quando turistas chegam e a primeira coisa que veem é as nosas moçoiras dançando até o chão e um moooonte de moleques bebendo e aprontando cadê a segurança pública??
 
sandra lima em 03/03/2013 19:05:07
O CARTÃO POSTAL DE CAMPO GRANDE É A INSOLÊNCIA DESSA MALTRAPILHA, PORCA, SUJA, INDIGENTE, GENTE ENCARDIDA DE ESPÍRITO E CONDUTA.

O NOSSO PIOR ESTÁ EM EXIBIÇÃO NO MELHOR LUGAR. QUE NOJO!
 
Cristiano Arruda em 03/03/2013 18:47:27
Tudo isso faz parte da nova democracia!! A liberdade no disfarce para uso intensivo da libertinagem!! Bom se isso é o futuro da nação brasileira, não queria estar aqui pra ver o futuro, pois essa juventude libertina é o reflexo claro de um Estado demolidor importante como valores de família, respeito, crença em Deus e patriotismo. O vandalismo, a corrupção são os atos constante praticado pela juventude desses novos tempos
 
carlos lima em 03/03/2013 17:57:07
Exato, concordo com o Sr. Roberto passei por volta das 05:25 a caminho do meu serviço e vi este gol ele estava de ponta cabeça mesmo, mas não havia marcas de frenagem logo imaginei que o mesmo havia sido tombado no local realmente.
Este local era para ser de usufruído de forma saudável, agora é frequentado altas horas da noite por vandalos e arroaceiros e essas meninas que se rebaixam a um nível vergonhoso "não se dão ao respeito", (terrível) isso não é se divertir, hipoctras são esses que precisam de altas dozes de alcool para se divertir "covardes" se escondem atrás de copos/garrafas de bebidas para serem populares, ridículo.
è uma vergonha para a nossa cidade. Salvo os graves erros cometidos mas deveria ser novamente formado o grupamento TORA, aquilo era policiamento ostensivo.
 
Gilson Gomes em 03/03/2013 17:55:37
não moro na região, mas como pai de familia não poderia deixar de postar aqui meu
protesto. pois eu passei por la nesta madrugada para levar uns amigos no aeropoto e fiquei estarrecido com a situação em que deparei é deprimente ver um local onde levava os filhos para ver pousos e decolagens de aviões, se encontrar hoje nesta situação,
é realmente muito triste...
 
josué martins dos santos em 03/03/2013 17:42:02
Em vez dos amarelinhos ficar multando arevelia cologue eles para trabahar nestes pontos este seria melhor coisa ou nestes ponto
 
salvador t rizzo em 03/03/2013 17:30:33
Aquele local foi criado com uma bela intenção para à comunidade, mas infelizmente por falta da educação à determinadas pessoas, geralmente jóvens embriagados e drogados, corre-se o risco de o poder público vir a fechar o local. Infelizmente hoje, praças não são mais sinônimo de lazer, mas de baderna, agressões e mortes e não temos polícia suficiente para atender tudo.
 
Valter Oliveira em 03/03/2013 17:13:13
Cabeceira de pista não pode ser "playground ou boate". O local não é indicado para esse tipo de aglomeração mesmo sem tumulto pois é "área de risco".
Para o leigo seria normal mas o Aeroporto Internacional de C.Grande tem "duas" pistas homologadas para pouso e decolagem, a principal e a auxiliar paralela a principal com o seu eixo "alinhado" com o "mirante".
Em caso de emergência tanto no pouso (pane/clima) quanto a decolagem (abordagem), a aeronave estará "alinhada" com esse eixo e passará por ele voando "ou não", dependendo da emergência.
Cabeceira de pista tem que ter o mínimo de obstáculos muito menos aglomeração de pessoas.
 
Paulenir de Barros em 03/03/2013 16:13:32
Gilson não é tenente é capitão Felipe. Ainda sim um dos melhores policiais que a PM tem entre seus homens. Acho que ele está na Academia da Polícia hoje. E infelizmente não temos mais um capitão valoroso como o Felipe que é linha dura mas que faz tudo dentro da legalidade.
Um abraço.
 
Fábio Guerrero em 03/03/2013 14:24:30
Passei no local o gol estava virado com vidros quebrado e amassado,não estava queimado por volta de 05:35 da manhã.
 
Marcelo Senna em 03/03/2013 14:14:51
terrivel policia ja não da mais jeito teria que vigorar uma lei para prender esses baderneiros e aprender o som e as meninas menores de idade que estao por tomar conta da cidade gente eis a pergunta que não se cala (E O BERNAL?)
 
MARCELO COSTA em 03/03/2013 14:03:26
Não é querendo agourar, mas neste local é uma tragédia anunciada, é só questão de tempo. Moro próximo deste local, onde já passei diversas vezes de madrugada quando precisei viajar, e digo que é uma visão triste e pertubadora. É um descaso do poder público. Vamos ver o que acontece primeiro, a tragédia ou a providência do setor responsável. Espero incredulamente que aconteça a segunda primeiro.
 
Emerson Camargo em 03/03/2013 13:43:44
Engraçado eu passei no local era 6 horas da manha esse mesmo gol estava de de ponta cabeça como se tivessem virado ele, e havia duas viaturas da policia, mas o mesmo carro não estava queimado, o que aconteceu a policia foi embora e deixou o carro virado para traz? e nisso colocaram fogo, perto da li ha uma camera da policia!
 
roberto fassina em 03/03/2013 12:56:06
a situação e absurda vc não pode passar pelo aeroporto aos fins de semana sem ver algo desagradável ,e tem tantas crianças embriagadas ,são meninas que acham que estão arrasando quando na verdade estão se expondo ao rídiculo ,seminuas dançando no meio da avenida, onde estão os pais desses adolescentes? se os pais não cuidam é dever do estado intervir .sugiro que coloquem esses jovens para limpar toda bagunça e varrer todo o lixo que despejam na duque de caxias
 
roberta kelly conceição da silva moraes em 03/03/2013 12:53:36
Moro no Jd.Imá, Ñ Proximo a este local,> Onde há Várias Residencias, é raro ñ Juntar esses,que,com o Volume bem elevado,deixam uma única música,por horas, _e,quando trocam,temos que ouvir um outro funk,até quase o amanhecer do dia!!!
 
rosa flores em 03/03/2013 12:30:03
De sexta para sábado fui levar uma amiga no aeroporto e fique alguns minutos esperando a massa sair do asfalto, mulheres dançando "até o chão" em frente a um caminhão que teve que parar pra esperar o "show". Na volta do aeroporto a polícia estava do outro lado e então vi várias garrafas serem atiradas ao ar, motociclistas correndo pra todos os lados etc. Usualmente nao tenho medo de andar de janelas abertas mas neste dia fiquei com bastante medo até conseguir chegar à Afonso Pena. Porta de entrada de Campo Grande ... muito triste.
 
Vanessa Oliveira em 03/03/2013 12:24:44
Sou morador do Jardim Ima, bem proximo do local onde acontece essa bagunça toda, tem final de semana, pincipalmente no sabado e domingo a noite pra eu chegar até a minha casa eu tenho que mudar a rota pois é um perigo passar pela a avenida. Só sei que bebida e muita coisa pesada acontece ali. As autoridades estão esperando acontecer fatalidades para tomarem as providencias. Interessante que durante o dia e até o final de tarde o local parece um paraiso e a partir das 10 da noite parece um inferno. Vale dizer que esses fatos so acontece aos sabados e domingos.
 
Elizeu Moreira em 03/03/2013 12:15:34
É um absurdo o que acontece nessa região , parece até que os pais desses jovens nao sabe o que eles fazem , depois que acontece uma tragedia , ai fazem criticas as segurança publica , que nao tem fiscalização , nao sabem
que eles fuma maconha ,bebida alcolicas, com energeticos, tadinhos deles sao tao fraquinhos que precisam de energeticos para fazer bagunça,.acorda senhores pais depois nao vai ate a midia fazer protesto sobre a violencia que sai de dentro de suas propria casa !
 
jorge da silva em 03/03/2013 12:11:54
Não sei porque tanta polêmica, a solução é simples: o local deixar de ser mirante de pousos e decolagens. Antes não tinha essa bagunça na região, quem inventou esse mirante???? É só acabar com esse ponto de arruaceiros colocando muros bem altos e acabando com aqueles estacionamentos, que volte a ser uma via comum. É só ter vontade política para isso.
 
Jorge Souza em 03/03/2013 12:11:42
A anarquia não acontece apenas nas madrugadas, pois já no início da noite, quando as pessoas saem para caminhar ou pedalar a bagunça já está instalada. Há muito desrespeito em todos os sentidos. Há, ainda, outros de moto ou carro, pela avenida, que correm em altíssimas velocidades para chamar a atenção dos que já ali estão. É terrível.
 
Vicentina Vasques em 03/03/2013 11:54:05
Ta sempre a mesma coisa, não importa se isso é nos altos da Afonso Pena, no parque Soter, na Mascarenhas, no Lago de Amor, na Orla Morena, na Duque de Caxias, ou sei la onde. Em pouco tempo a população percebe, e deve estar ligando para o 190 para reclamar do barulho. So que infelizmente o 190 não da prioridade à perturbação de sossego. Ai chega ao ponto de embriaguez no transito, trafico de drogas, prostituição e ate mortos e ai sim que algo é feito. Mas se a resposta às reclamações de algazarra seria um pouco mais energetico, não chegaria neste ponto. Como toda a população, acredito que a policia sabe onde são os pontos da bagunça. Então é para fazer algo ANTES de sair do controle, por favor!
 
Marcos da Silva em 03/03/2013 11:40:19
Gilson, o grupo se chamava GETAM - Realmente eram muito bons!
 
jilliane damaceno em 03/03/2013 11:39:27
Será que a administração de Campo Grande ainda não viu isso? Esta esta ficando cada vez pior. Quando acontecer uma morte e ou um crime, aí vão aparecer os políticos para pedir votos e dar uma de "bonzinhos". Isto esta acontecendo na Afonso Pena também. Estive hoje em uma caminhada por lá e ví centenas de garrafas, energéticos, lixo a vontade. Cadê o policiamento, cadê a lei seca. Cadê a ordem e a segurança para os moradores. Esta virando uma cidade sem dono?
 
Marcos Senise em 03/03/2013 11:36:54
Certa vez desembarquei tao cansada e achei um cumulo ter que chegar em Campo Grande/MS e ter uma recepção de tao baixo nível.... nada contra, mas que cartão postal hein???
 
Norilene Aparecida Oliveira da Silva em 03/03/2013 11:30:55
Muito bem comentado pelo sr. Gilson, na época em que o Ten. Felipe estava nas ruas com os motociclistas as coisas eram diferente, hj em dia muitos "cidadãos" que inclusive vem a público e defendem esses baderneiros e alcoolatras que saem dirigindo por ai causando tragedias só sabem falar mal da policia....
O jeito é começar a "tratar" esses baderneiros como antigamente, pq só assim a população poderá ter paz......
"Lei seca" neles e pertubação do sossego alheio também é uma contravenção penal....faça-se cumprir as leis e pronto e acabou!!!
 
Fabricio Souza em 03/03/2013 11:29:56
Como bem disse um leitor "sr.gilson",saudades dos homens de preto das motocas do Cap.Felipe,não dava moleza pra este tipo de bagunça,mas alguém foi contra,algubs que gostam deste tipo de marginais disfarçados de "jovens se divertindo"que imagem linda o Turista e os moradores da Capital vão ter:um carro queimado logo ao descer do Avião.Uma vergonha.Ta na hora do CIGCOE dar umas "passadinhas"pelo local,mas uma "PASSADINHA" mesmo.duas semaninhas indo lá estes bardeneiros quem sabe param com isso,porque não fazem isso no quintal de suas casas,se é que tem casas né.
 
cristina mendes carli em 03/03/2013 11:06:21
Infelizmente, as pessoas não sabem usufruir do que é bom, sempre acabam estragando tudo. O correto, sabendo que isso iria acontecer, pois o ser humano é também "monstro", é que os órgãos competentes colocassem no local policiamento. Mas, como sempre, nada é feito.
 
miriam de Castro em 03/03/2013 11:06:10
Tão logo o Lago do Amor foi reinagurado, esse bando DE MARGINAIS tentou fazer do mesmo um ponto de prostituição e venda de drogas. No entanto, na época tinha um grupo de Policiais Militares que fazia ronda de motos - juro que no momento esqueci o nome e ate mesmo a sigla - e o policiamento era comandado pelo EXCELENTE tenente Felipe.. ÓTIMO MESMO - rhum.... quando a baderna foi denunciada, ele com o pelotão motorizado cercou o Lago do Amor e TODO MUNDO QUE ESTAVA LÁ - MAIS TODO MUNDO MESMO - FOI PRA DELEGACIA.. Foram carros e motos apreendidos.. as biscatinhas, os viciados...... é claro e lógico que a prisão ou detenção (fica melhor né, mais bonito) dos JOVENS como diriam os colegas jornalistas, não foi com amor. Foi na pancada mesmo. Nunca mais teve isso no Local. Ponto!
 
Gilson Giordano em 03/03/2013 10:56:18
Lamentável...Um local que era para ser familiar e tranquilo (pois constantemente tem pessoas que fazem caminha a noite com a família) agora virou point do Baderneiros fazerem algazarras...tinha que ter uma cabine da Polícia no local, pois eles viram as costas e continua tudo igual...Som Alto, Bebidas Alcoólicas e rachas por motoqueiros...Tudo tem seu tempo e local...
 
Paulo Silva em 03/03/2013 10:53:11
Se esse povo mal educado que vive aqui soubesse ao menos se divertir sem incomodar os outros ou fazer toda essa zona não teríamos tantos problemas.
 
Junior Ferreira em 03/03/2013 10:47:32
É uma pena!! Uma cidade de belezas naturais ímpares...receber turistas que chegam nos voos ou pela Br com essa imagem...Lamentável.
 
Arlete silva em 03/03/2013 10:33:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions