ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, DOMINGO  01    CAMPO GRANDE 28º

Capital

Depois de espera de 5 dias, Luiz consegue ser transferido para o HR na madrugada

Superlotação da rede de saúde fez homem ficar dias em leito de unidade de saúde sem estrutura adequada

Por Lucia Morel | 09/03/2021 17:11
Ambulância do Samu chegando no Hospital Regional. (Foto: Marcos Maluf/Arquivo)
Ambulância do Samu chegando no Hospital Regional. (Foto: Marcos Maluf/Arquivo)

Luiz Augusto dos Santos, 53 anos, que esperava até ontem transferência para hospital para atendimento de quadro de covid-19 conseguiu hoje, à 01h, vaga no Hospital Regional de Mato Grosso do Sul e já foi submetido a tomografia. Ele ficou cinco dias em leito do Centro Regional de Saúde 24 horas do bairro Tiradentes.

O Campo Grande News relatou ontem o caso, que recebeu, na mesma data, decisão judicial favorável à transferência depois da medida ter sido negada no dia 5 de março último, quando ele estava há dois dias esperando leito hospitalar no posto. Na ocasião, a negativa foi por superlotação do sistema de saúde.

Pela determinação de ontem do juiz Alexandre Branco Pucci, a necessidade da transferência se deve porque é “evidente o fundado receio de dano irreparável à saúde do autor”.

Luiz Augusto e a esposa, Mara, falecida na semana passada. (Foto: Arquivo da Família)
Luiz Augusto e a esposa, Mara, falecida na semana passada. (Foto: Arquivo da Família)

Filha de Luiz, Stefani Tatiane de Abreu dos Santos, de 30 anos, comemora a transferência e espera que o pai possa se recuperar, agora que está recebendo a assistência adequada. Ela perdeu a mãe por covid-19 na semana passada, dia 1º de março.

“Depois que o caso saiu na imprensa as coisas começaram a andar”, agradeceu, lembrando que apesar disso, a ida do pai ao hospital demorou e ocorreu apenas à 01h de hoje. A determinação da transferência chegou ao conhecimento dela no fim da tarde de ontem. “Demorou muito para disponibilizarem ambulância para a transferência”, comentou.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário