A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

21/08/2016 08:20

Depois de temporal e frio, famílias contam estragos e recebem doações

Leandro Abreu e Willian Leite
Barracos de lona e madeira não suportaram a força dos ventos. (Foto: Alcides Neto)Barracos de lona e madeira não suportaram a força dos ventos. (Foto: Alcides Neto)
Barro e telha são encontrados por todos os lados na comunidade. (Foto: Alcides Neto)Barro e telha são encontrados por todos os lados na comunidade. (Foto: Alcides Neto)

O temporal que caiu em Campo Grande na noite deste sábado (20) deixou várias famílias desabrigadas na comunidade Bom Retiro, no norte da Capital. Quando se chega ao local, o que se vê são famílias tentando recuperar alguns pertences que não tenham molhado, muito barro e pedaços de telha e madeira espalhados por todo o lado. Pelo menos 12 barracos continuam destelhados na manhã deste domingo (21).

A área é ocupada por famílias transferidas pela prefeitura da favela Cidade de Deus no início do ano. Com ventos que chegaram a 58 km/h, os barracos de madeira e lona não resistiram.

As famílias estão sentadas na frente de casa, pois a parte de dentro está cheia de barro e pedaços de telha.

Segundo os moradores, a Defesa Civil e assistência social da prefeitura foram até a comunidade na noite de ontem, mas só levaram lonas para tentar cobrir os barracos destelhados. Muitos perderam os poucos móveis que tinham e todas as roupas estão molhadas.

“Só deu tempo de pegar meu filho de um mês e correr para a casa da vizinha. O teto da cozinha desabou e por pouco não cai em cima de mim e do meu filho”, lembra a moradora Darlene Xavier, 19 anos.

A dona de casa Mirian Salviano, 43 anos, cobra uma ação da prefeitura sobre a situação em que estão vivendo. “Esse prefeito tem que fazer algo por nós, ou ele vai esperar alguém morrer?”, disse.

Uma telha caiu e atingiu a cabeça de um homem na comunidade na noite de ontem. Ele caiu no chão e cortou a perna. O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado e o encaminhou para a Santa Casa. Não há informações sobre o estado de saúde da vítima.

Durante a manhã deste domingo (21), enquanto a reportagem do Campo Grande News estava no local, vários carros chegavam na comunidade levando doações de roupas e cobertas aos moradores do Bom Retiro. Ninguém da Defesa Civil ou assistência social da Prefeitura esteve por lá nesta manhã.

Transferidas em março deste ano, as famílias cobram a construção de casas populares prometida pela prefeitura desde a mudança. Até o momento, somente as medições iniciais das residências foram feitas há um mês e a obra está parada.



Bom dia, gostaria de saber onde fica essa comunidade Bom Retiro.
 
giselle rosa em 21/08/2016 11:29:42
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions