A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 24 de Janeiro de 2018

16/06/2015 15:53

Depois de três dias, cachorro é resgatado no Rio Anhanduí

Antonio Marques e Alan Diógenes
Depois de três dias no córrego Anhanduí, o animalzinho foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros (Foto: Marcelo Calazans)Depois de três dias no córrego Anhanduí, o animalzinho foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros (Foto: Marcelo Calazans)
O resgate do pequeno cachorro teve pedido de ajuda nas redes sociais (Foto: Reprodução do Facebook)O resgate do pequeno cachorro teve pedido de ajuda nas redes sociais (Foto: Reprodução do Facebook)

O resgate de um cachorrinho no córrego Anhanduí, em frente ao Shopping Norte Sul Plaza, em Campo Grande, por uma equipe do Corpo de Bombeiros, no início da tarde de hoje (16), chamou a atenção dos motoristas e populares da região, além de mobilizar várias pessoas que atuam em defesa dos animais. Segundo testemunhas, o animal ficou cerca de três dias nas margens do rio.

Por volta das 13h30 de hoje, Moisés Nunes, 32 anos, que entregava panfleto nas proximidades, foi insistente e fez seis ligações para o Corpo de Bombeiros para providenciar o resgate do animalzinho. Com a chegada do caminhão tanque da corporação, a pista da esquerda, no sentido centro/bairro da Avenida Ernesto Geisel, foi interditada e o trânsito ficou lento na via.

Dois bombeiros desceram cerca de cinco metros até o leito do córrego e retiraram o animal que, assustado, não foi muito gentil com os socorristas. A cabeleireira Graziela Freitas, indignada com a situação, chegou a postar na rede social Facebook foto do cachorro e solicitando auxílio das pessoas para chamar o Corpo de Bombeiros.

Rute Rodrigues Duarte, 29 anos, desempregada, foi até o local ao ver na rede social e ficou sabendo que o animal rondava a região há dias, quando por algum descuido caiu no rio. “Temos um grupo no WhatsApp que faz trabalho de formiguinha para resgatar animais dos maus tratos. Ficamos de olho também no Facebook”, contou.

A serralheira Simona Zain, 36 anos, que ficou conhecida com o caso da cadelinha Vitória, morta na semana passada, depois de vários dias em recuperação após sofrer atropelamento, chegou ao local do incidente e levou o cachorro para reabilitação em uma clínica veterinária.

Segundo ela, que resgata animais e encaminha à Clínica Petit Bichon para fazer o tratamento e acompanhamento, depois do caso da Vitória, as pessoas estariam mais sensibilizadas e solidárias. “Tenho recebido muitas ligações e mensagens nas redes sociais”, revelou.

Simona Zain disse que graças as doações feitas para o tratamento da Vitória foram salvos mais 9 animais e ainda sobrou dinheiro para tratar outros bichos. O número do celular para solicitar apoio e resgate é 9117-8221, que também recebem mensagens no WhatsApp.

Simona encaminhou o animal a uma clínica veterinária. (Foto: Marcelo Calazans)Simona encaminhou o animal a uma clínica veterinária. (Foto: Marcelo Calazans)
Bandidos invadem lanchonete, ameaçam e roubam proprietários
Dois homens armados invadiram uma lanchonete, ameaçaram e roubaram os proprietários e funcionários de um estabelecimento. O caso aconteceu por volta ...
Capital já tem 60,02% do eleitorado com cadastro biométrico realizado
Dos 606.409 eleitores atuais de Campo Grande, 363.991 já compareceram a um dos postos de atendimentos da Justiça Eleitoral e realizam o cadastro biom...
Campo Grande recebe em maio workshop sobre emergências e desastres
Campo Grande sediará em maio o 1º Workshop Internacional de Emergências e Desastres, evento que será realizado na Uniderp, em parceria com o Centro A...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions