ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEGUNDA  20    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Depois de ver homem morrer agonizando, vizinhos vão responder por omissão

Nenhum deles chamou socorro e "Garganta" foi encontrado já sem vida na manhã de segunda-feira

Por Gabriel Neris e Bruna Marques | 23/07/2021 10:34
Vizinhos observam movimentação em casa onde ocorreu o crime (Foto: Henrique Kawaminami)
Vizinhos observam movimentação em casa onde ocorreu o crime (Foto: Henrique Kawaminami)

Três vizinhos, de 40, 50 e 55 anos, responderão criminalmente por omissão de socorro depois de terem visto Francisco Hermes da Silva, o “Garganta”, de 48 anos, agonizando após ser espancado e deixado no chão frio na noite de domingo (18).

O corpo foi encontrado na varanda da casa do próprio assassino, Marcos de Oliveira Ximenes, de 45 anos, na Chácara das Mansões, região sul de Campo Grande.

De acordo com a Polícia Civil, os vizinhos passaram pelo local, perceberam que a vítima tinha dificuldade para respirar e não acionaram o socorro. No outro dia, viram Garganta na mesma posição.

Marcos negou a polícia a autoria do crime. O que chamou a atenção da polícia foram as várias as versões sobre o dia da bebedeira entre ele e a vítima. Ele disse que passou o dia bebendo com o amigo, mas disse que Garganta “caiu várias vezes” até não se levantar mais.

Também disse que viu sangue no rosto da vítima e que não se mexia durante a manhã e chamou o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) somente às 9h de segunda-feira. Vizinhos descrevem Marcos como uma pessoa violenta. Ele teve a prisão preventiva decretada pela Justiça.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário