ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, DOMINGO  09    CAMPO GRANDE 29º

Capital

"Disciplinas" do PCC são presos jogando maconha para dentro da Máxima

Um dos jovens, de 21 anos, estava evadido do sistema prisional

Por Adriano Fernandes | 30/07/2020 23:15
Presídio de Segurança Máxima da Capital, no Jardim Noroeste. (Foto: Arquivo)
Presídio de Segurança Máxima da Capital, no Jardim Noroeste. (Foto: Arquivo)

Dois “disciplinas” da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) foram presos na tarde desta quinta-feira (30), enquanto estavam prestes a lançar um quilo de maconha, dentro do Presídio de Segurança Máxima do Jardim Noroeste, em Campo Grande.

“Disciplina” é como são chamados alguns dos integrantes de confiança da facção, que domina os presídios de todo o país.

Conforme o registro policial sobre o caso os dois jovens, de 21 e 18 anos, foram encontrados em atitude suspeita no entorno do presídio, por volta das 15h. Ao notarem a aproximação de uma viatura da Polícia Militar a dupla foi em direção a uma esquina e ambos arremessaram volumes por cima do muro de uma residência.

Ele foram abordados pelos policiais, que ao verificaram o que eles haviam lançado no imóvel, constataram que se tratava de pouco mais de uma quilo de maconha.

Em depoimento, eles admitiram que integravam a facção e que um homem, chamado de “Bri”, lhes pagaria R$ 250,00 para que jogassem a droga para dentro do presidio.

A todo momento, durante a abordagem o jovem, de 21 anos, mentiu sobre a sua verdadeira identidade, no entanto, durante as checagens policias da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro foi constatado que ele estava evadido do sistema prisional.