A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

28/08/2018 09:12

Dívida de R$ 47 motivou assassinato de dono de bar no bairro Nova Lima

O principal suspeito de ter cometido o crime foi identificado apenas como Marcelo. Ele ainda não foi preso

Viviane Oliveira e Bruna Kaspary
Bar onde aconteceu o crime na noite e ontem (Foto: Henrique Kawaminami)Bar onde aconteceu o crime na noite e ontem (Foto: Henrique Kawaminami)
Aparecida conta que o marido e o autor se conheciam há meses e um bebia na casa do outro (Foto: Henrique Kawaminami)Aparecida conta que o marido e o autor se conheciam há meses e um bebia na casa do outro (Foto: Henrique Kawaminami)

Atingido com três golpes de faca, o comerciante Gilmax Bento, 35 anos, foi assassinado por causa de uma dívida de R$ 47 que o autor devia para ele. O fato foi na noite de ontem (27), na rua Cláudio Emanuel da Costa, no bairro Nova Lima, região norte de Campo Grande. O principal suspeito de ter cometido o crime foi identificado apenas como Marcelo. Ele ainda não foi preso.

A cabeleireira Aparecida Ferreira de Souza, 50 anos, esposa da vítima, conta que Marcelo devia Gilmax há mais de 30 dias. Segundo Aparecida, o marido sempre vendia fiado - situação que atrapalhava o crescimento do comércio. “Ele vivia fechando o bar, porque não tinha condições de comprar produtos para revender. Vendia muito fiado e depois não recebia dos clientes”, diz.

Os dois, conforme relatos de Aparecida, se conheciam há meses e bebiam juntos um na casa do outro. No sábado, Gilmax foi bêbado até a casa de Marcelo para cobrá-lo e lá o agrediu com soco na boca. “Marcelo já tinha avisado que ia quitar a dívida assim que sua mãe recebesse alta hospitalar”, conta.

Ontem, por volta das 19h40, a vítima jogava sinuca com dois clientes no estabelecimento, quando de repente Marcelo chegou armado com uma faca do tipo peixeira e o esfaqueou. “Ouvi ele gritando. Pedindo por socorro e para chamar a polícia”, lamenta. O comerciante foi atingido com três facadas, sendo duas no abdômen e uma na mão. Segundo Aparecida, Gilmax é de Minas Gerais e há 7 meses veio morar com ela após namoro de 2 anos a distância.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions