ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
DEZEMBRO, SÁBADO  09    CAMPO GRANDE 29º

Capital

Homens são presos por maus-tratos de cães famintos que comiam fezes

Muito magros e debilitados, o animais foram levados para Centro de Controle de Zoonoses

Viviane Oliveira e Mariely Barros | 01/06/2023 10:29


Dois homens que não tiveram os nomes divulgados foram presos por tráfico de drogas e maus-tratos de quatro cães, dois adultos e dois filhotes da raça pitbull. O flagrante foi na manhã desta quinta-feira (1º), na Rua Austrália, no Jardim Batistão, em Campo Grande.

Conforme a Decat (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Ambientais e de Atendimento ao Turista), os policiais chegaram ao endereço por meio de denúncias. Sem comida e água, os animais que se alimentavam das próprias fezes foram resgatados por equipes do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) e Sesau (Secretaria Municipal de Saúde).

Cachorros foram levados para o CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) (Foto: Henrique Kawaminami)
Cachorros foram levados para o CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) (Foto: Henrique Kawaminami)

Durante a ocorrência, os policiais encontraram uma quantidade de ecstasy (substância responsável por aumentar o estado de euforia) na casa dos suspeitos. Eles foram presos em flagrante e levados para a delegacia. Uma vizinha, de 40 anos, que não quis se identificar por medo de represália, disse que os rapazes se mudaram há cerca de 1 ano.

Nesse período, a única movimentação que via era de um motociclista que quase diariamente ia à casa “buscar alguma coisa”. A mulher relatou ainda que o cheiro de fezes dos animais incomodava bastante quem mora na redondeza.

No local, havia muitas fezes espalhadas pela calçada (Foto: Henrique Kawaminami)
No local, havia muitas fezes espalhadas pela calçada (Foto: Henrique Kawaminami)

Maus-tratos, abuso e violência contra cães e gatos é crime previsto por lei. A pena é de prisão, de dois a cinco anos, multa e perda da guarda do animal.

Nos siga no Google Notícias