ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUINTA  21    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Dupla que matou homem após discussão em bar é condenada a 21 anos

Assassinato ocorrido em julho de 2019 após vitima e amigo 'encarar' dupla em bar

Por Mirian Machado | 22/09/2021 16:17
Dupla que matou homem a facadas após discussão foi condenada a 21 anos (Foto: Marcos Maluf)
Dupla que matou homem a facadas após discussão foi condenada a 21 anos (Foto: Marcos Maluf)

Juntos, Júlio César Surubi e Lauro Antônio da Silva foram condenados a 21 anos e 6 meses de reclusão por matar a facadas José Luiz da Silva após desentendimento em um bar no Bairro Universitário em 2019. Ambos respondiam por homicídio qualificado pelo motivo fútil e recurso que dificultou a defesa da vítima.

Durante julgamento que ocorreu nesta quarta-feira (22) pela 2ª Vara do Tribunal do Júri, a defesa de Júlio sustentou legitima defesa e o afastamento das qualificadoras e o defensor do Lauro tentava a negativa de participação e o afastamento das qualificadoras.

O Conselho de Sentença acatou o pedido das defesas e afastou as qualificadoras, no entanto condenou a dupla por homicídio doloso. Júlio que seria quem desferiu as facadas na vítima, foi condenado a 10 anos de reclusão em regime fechado. Ele ja havia sido condenado por roubo.

Lauro foi condenado a 11 anos e 6 meses também em regime fechado. Ele também ja foi condenado por posse irregular e porte ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas, homicídio doloso, homicídio qualificado e tentativa de homicídio.

Conforme o processo, A vítima bebia em um bar na companhia de um amigo enquanto a dupla estava em outra mesa. A ex namorada do amigo da vítima chegou ao local e sentou próximo dos autores e começaram a conversar. Vítima, amigo e autores teriam se encarado, momento em que começou a discussão. Em seguida José saiu do bar.

Pouco tempo depois,  por volta das 2h, já na Rua Brigadeiro Thiago, os autores em uma motocicleta chegaram perto da vítima e iniciaram as agressões.

Lauro teria levado Júlio até a José e ajudou a agredi-lo.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário