A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Abril de 2019

07/01/2019 08:05

Dupla rouba motocicleta, cruza com polícia na fuga e é perseguida

Assaltantes abordaram as vítimas em frente a uma casa da Rua Santo ngelo, mas foram surpreendidos pela polícia minutos depois. Ainda assim, conseguiram fugir

Geisy Garnes

Policiais militares perseguiram dois assaltantes na noite deste domingo (6) após o roubo de uma motocicleta no bairro Coronel Antonino, em Campo Grande. Os suspeitos chegaram a disparar contra os militares e conseguiram escapar da prisão após entrarem em uma mata da região da Favela da Portelinha.

Os militares foram acionados por volta das 22h30 após denúncias de um roubo na Rua Santo Ângelo, no bairro Coronel Antonino. No caminho até o local, no entanto, os policiais cruzaram com uma Yamaha Factor 125 laranja, a mesma levada durante o assalto, na Avenida Prefeito Heráclito José Diniz de Figueiredo.

Na motocicleta estavam dois rapazes, com características semelhantes às repassadas pelas vítimas a polícia. Os policiais então deram ordem de parada a dupla, que fugiu em direção a favela Portelinha.

Segundo o boletim de ocorrência, a perseguição continuou dentro da favela. Um dos suspeitos atirou contra os policiais, que revidaram e também dispararam contra a dupla. Em determinado momento o condutor da motocicleta perdeu o controle da direção. Com o acidente, ele e o comparsa continuaram a fuga a pé e correram para uma mata da região.

Reforço foi chamada para fazer buscas na região, mas os suspeito não foram encontrados. Os militares conseguiram recuperar a motocicleta roubada e também um celular. Além disso, encontraram uma camiseta branca, com a foto de um homem jovem com a frase: “saudade eterna".

Para a polícia, o dono da motocicleta, de 38 anos, contou que estava sentado em frente de casa com uma amiga, de 22 anos, quando um dos suspeito chegou e armado anunciou o roubo. Enquanto cometia o crime, o comparsa vigiava na esquino. Eles fugiram levando o veículo e o celular a mulher.

As vítimas também confirmaram que a camiseta apreendida era a mesma usada pelo bandido que anunciou o assalto. O caso foi registrado como roubo majorado se a violência ou ameaça é exercida com emprego de arma de fogo na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions