A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

12/12/2015 15:04

Dupla sequestra no Centro, abusa de mulher na frente do filho e rouba S-10

Renata Volpe Haddad
Camionete foi roubada na noite de ontem no centro de Campo Grande. Veículo ainda não foi encontrado. (Foto: Divulgação)Camionete foi roubada na noite de ontem no centro de Campo Grande. Veículo ainda não foi encontrado. (Foto: Divulgação)

Uma mulher de 28 anos e seu filho de cinco sofreram um sequestro relâmpago, na noite de ontem (11), no Centro de Campo Grande. Dois homens armados a renderam enquanto ela estacionava a camionete na Rua 13 de Maio.

Segundo informações da vítima, ela estava indo a uma confraternização de trabalho, estacionou o veículo Chevrolet S10 de cor branca, com placas NSR-5188, desceu da camionete e abriu a porta traseira para poder tirar o filho da cadeirinha.

Neste momento, dois homens se aproximaram, um deles estava com boné preto, calça jeans e moletom cinza claro e outro, trajava camiseta branca e boné laranja. O indivíduo de boné preto, ergueu o moletom, mostrou a arma para a vítima, a puxou pelos cabelos e colocou dentro do veículo.

Os homens começaram a andar pela cidade com a vítima, que manteve o filho no colo e a cabeça abaixada a todo o momento, conforme foi instruída.

No banco do passageiro, um dos indivíduos apontou a arma para a testa da mulher. "Eu estava de cabeça abaixada e ele começou a falar que não sabia se matava ou se antes brincava comigo", conta.

Com a criança no colo, o homem abaixou a blusa da vítima e começou a apalpar o seio da mulher. "Eu pedia a todo momento para eles me deixarem em algum lugar por causa do meu filho que ficou muito nervoso", descreve abalada.

Um dos indivíduos disse que iria deixar a mulher e que era para ela esperar 20 minutos sem ligar e receber telefonema, para depois poder procurar ajuda. Os homens ainda disseram que duas pessoas estavam cuidando o que ela estava fazendo.

A mulher e o filho foram deixados próximo a avenida Tamandaré, em um terreno baldio, em frente a garagem de ônibus da viação São Francisco. "Não levaram meu celular, porque tem rastreador. Esperei os 20 minutos e fui procurar ajuda. Estava muito escuro e encontrei um senhor lavando a calçada, ele ligou para a polícia", afirma a vítima.

Apesar de todo abalo psicológico, mãe e filho passam bem. O caso foi registrado na Depac Centro, porém a camionete ainda não foi localizada.

O caso foi registrado como roubo marjorado pelo concurso de pessoas, emprego de arma e estupro. 

Guarda oferece palestra sobre prevenção e combate às drogas em Uneis
Jovens da Unei (Unidades Educacional de Internação) Dom Bosco e da Unidade de Internação Feminina Estrela do Amanhã, em Campo Grande, receberam pales...
Cadastramento biométrico é oferecido pela Carreta da Justiça em Anhanduí
Desde o início desta semana a Carreta da Justiça está realizando atendimentos da biometria no distrito de Anhanduí, no município de Campo Grande, gra...


Estamos à mercê da bandidagem Cadê a Polícia governador! Cadê a Guarda Municipal prefeito? Uma vergonha!
 
Barbarossa em 12/12/2015 20:09:03
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions