A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 15 de Outubro de 2019

09/08/2019 11:26

Eletricistas fazem blitz no Centro para dar dicas e evitar acidentes

Acidentes com rede elétrica já matou cinco pessoas em 2019 no estado. Número de ocorrências aumentou 3% no último ano.

Ronie Cruz
Equipe distribuiu cartilhas e orientou para riscos e cuidados para evitar acidentes (Foto:: Ronie Cruz)Equipe distribuiu cartilhas e orientou para riscos e cuidados para evitar acidentes (Foto:: Ronie Cruz)

Equipes da Energisa fizeram na manhã desta sexta-feira (9) uma blitz educativa no Centro de Campo Grande para conscientizar a população sobre medidas de segurança com energia elétrica para evitar acidentes. O objetivo é combater as principais causas de acidente que aumentou cerca de 3% no último ano, sendo 5,8% o total de acidentes fatais.

Com o slogan “É aí que mora o perigo, eu me ligo na vida”, eletricistas da empresa abordaram pedestres, motoristas e crianças para orientar e distribuir cartilhas de segurança e folhetos explicativos com dicas de prevenção de acidentes com a rede elétrica.

A aposentada Áurea Gomes Amorim, 69, aproveitou a presença dos profissionais da concessionária para tirar dúvidas a respeito da rede elétrica em casa. Ela diz que viajou recentemente e a primeira atitude antes de sair de casa foi desligar o padrão. Iniciativa elogiada pela equipe.

“Estão acontecendo muitas tragédias. A energia é importante mas traz riscos. Às pessoas precisam se conscientizar. A gente não entende disso mesmo. É melhor pedir orientação para evitar acidentes sérios”, disse a idosa.

Para a costureira autônoma, Ailda Lopes, 52, a discussão entorno da segurança com energia elétrica é bem vinda e pode ser mais frequente. “Tá faltando falar mais sobre esses fios perigosos, principalmente nos bairros. Eu tenho medo. Quando dá problema em casa eu já ligo para a Energisa”, disse.

O número de acidentes envolvendo a rede de energia elétrica aumentou de oito acidentes em 2017, sendo quatro deles, fatais, para nove acidentes em 2018, sendo seis fatais. De janeiro deste ano até agora, já foram registrados 13 acidentes com cinco vítimas fatais.

De acordo com o gerente de operações da Energisa Thiago Kussano, a maioria dos acidentes acontece por causa do contato com a rede elétrica sem capacitação ou cuidados.

“Estamos orientando com relação a poda de árvore que pode ser realizada pela Energisa em situação emergencial, uso de pipas por crianças perto da rede elétrica, a questão da construção civil que precisa respeitar distância mínima da rede, uso de máquinas agrícolas e a altura adequada dos cabos na zona rural”, disse o gerente.

Segundo a concessionária de energia elétrica, mais de R$ 80 milhões de reais foram investidos desde 2014 em obras de segurança para a população.

Ação - A blitz da Energisa em Campo Grande também ocorre à noite na Feira Central. A ação segue a campanha da Abradee (Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica) na XIII edição da Semana Nacional de Segurança com Energia Elétrica, que acontece de 5 a 11 de agosto.

Cartilha distribuída na blitz alerta para atitudes perigosas com a rede elétrica (Foto: Ronie Cruz)Cartilha distribuída na blitz alerta para atitudes perigosas com a rede elétrica (Foto: Ronie Cruz)
Após lançar maconha na Máxima, dupla é perseguida e presa pela polícia
Dois homens, de 27 e 29 anos, foram presos nesta segunda-feira (14) após jogarem tabletes de maconha por cima do muro do presídio de segurança máxima...
Adolescente de 16 anos é apreendido com 95 papelotes de droga no Tiradentes
Um adolescente, de apenas 16 anos, foi preso ao ser flagrado com 95 papelotes de cocaína no Bairro Tiradentes, em Campo Grande. Os policiais civis d...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions