A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

01/11/2017 19:28

Em busca de tranquilidade, parentes antecipam visitas de dia dos finados

Mais de mil pessoas visitaram o Cemitério Parque das Primavera nesta quarta-feira

Geisy Garnes
Em busca de tranquilidade, famílias anteciparam Dia de Finados (Foto: Geisy Garnes)Em busca de tranquilidade, famílias anteciparam Dia de Finados (Foto: Geisy Garnes)

Um dos feriados mais tradicionais da cultura nacional, o dia de finados, acontece nesta quinta-feira (2), mas tem aqueles que em busca de tranquilidade, anteciparam as homenagens aos entes queridos e visitaram os cemitérios de Campo Grande ainda nesta quarta-feira (1º).

No Parque das Primavera, o clima é de luto, saudade e amor, entre os muitos que visitaram o local. As flores deixadas por parentes, desde hoje, já pintam de várias cores o gramado verde do cemitério. Foi no meio desta cena que a família de Lucila Lemos, de 52 anos, se destacou.

A visita era para o sogro e a sogra e com cuidado, a família limpava e plantavam novas flores no túmulo. Lucila explicou que todos os anos acompanha a cunhada ao local, sempre na véspera do dia 2 de novembro. O motivo é a tranquilidade no cemitério, que permite mais tempo de dedicação e também o movimento do trânsito, muito menor nesta quarta-feira.

É também pela tranquilidade que Márcia Figueira D’urso, de 60 anos, optou por visitar os pais nesta quarta-feira. Acompanhada da amiga Maria Livani, de 56 anos e da netinha de 2 anos e meio, ela deixou flores e rezou por aqueles que ama. “Com criança é bem melhor vir hoje, mais tranquilo”.

Lindalva de Morais Pereira, de 58 anos, reservou a tarde de hoje para homenagear o filho. Pela primeira vez ela visitou o cemitério um dia antes do feriado de finados, mas o motivo, além da tranquilidade e outro. “Agora eu tenho meu pai, ele está enterrado no Cemitério Jardim das Palmeiras. Hoje vim aqui, amanhã vou lá”.

Segundo Paulo Roberto S.P. Lopes, um dos membros da diretoria do Parque das Primaveras, só nesta quarta-feira, cerca de 1500 carros entraram pelos portões do cemitério. Ele explica que amanhã, veículos não terão acesso ao local e outro motivo que incentiva as famílias a anteciparem as visitas. “Por isso, principalmente os idosos, preferem ir hoje”.

Todos os anos o movimento, conforme Paulo, se concentra nos dia 1 e 2 de novembro. “De manhã o movimento é maior das 8 às 11 da manhã e volta a ficar maior das 14 às 18 horas”, lembrou.

Nesta quarta-feira mais de mil pessoas foram ao cemitério (Foto: Geisy Garnes)Nesta quarta-feira mais de mil pessoas foram ao cemitério (Foto: Geisy Garnes)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions