A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 20 de Novembro de 2017

25/09/2017 07:15

Em domingo de paralisação, 4 presos tentam fugir da Máxima na Capital

s detentos que tentaram fugir foram isolados em uma cela disciplinar. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro

Viviane Oliveira
Agentes em frente a Máxima neste domingo. Alguns serviços aos presos foram suspensos (Foto: Marina Pacheco)Agentes em frente a Máxima neste domingo. Alguns serviços aos presos foram suspensos (Foto: Marina Pacheco)

Quatro presos foram flagrados tentando fugir do Presídio de Segurança Máxima Jair Ferreira de Carvalho, na tarde de ontem (24). O complexo penitenciário fica na Rua Indianópolis, no Jardim Noroeste, em Campo Grande.

Os presos são: Olívio Gabriel Silva, 31 anos, José Luiz Alencar Domingos, 22 anos, Marcelo Lima Gomes, 33 anos, e Thierry Fernando Paim de Castro, 20 anos.

Conforme boletim de ocorrência, os presos que tentaram fugir estavam na cela 116 do Pavilhão I “B” da penitenciária. Thierry chegou a trocar de cela com outro interno para tentar escapar junto com o grupo.

Ainda de acordo com registro policial, os presos cortaram os alambrados e as grades das celas. Eles iriam usar uma corda artesanal para escalar as muralhas. Os detentos que tentaram fugir foram isolados em uma cela disciplinar. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

Ontem (24), dia de visita nos presídios, os agentes penitenciários de Mato Grosso do Sul paralisaram algumas atividades. A categoria cobra da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) e do governo do Estado segurança aos servidores que sofrem ameaças por exercer a profissão e melhores salários. Serviços como visitas, entrega de alimentação e objetos aos presos foram cancelados.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions