A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

07/10/2016 17:43

Em meio a júri social, advogado de agressor lutará por 'justiça equilibrada'

Guilherme Henri
Advogado Ronye Matos em coletiva realizada na tarde de hoje na 1ª DP (Foto: Guilherme Henri)Advogado Ronye Matos em coletiva realizada na tarde de hoje na 1ª DP (Foto: Guilherme Henri)

Em meio ao julgamento da sociedade que pede, por meio de comentários nas redes sociais, que Jhonny Celestino Holsback, 19 anos pague da pior maneira pelo espancamento de um jovem, seu advogado Ronye Matos afirma que irá lutar para que “a justiça seja aplicada de maneira equilibrada”.

As agressões aconteceram no dia 18 de setembro, na Vila Jacy, em Campo Grande, e o caso foi registrado pela polícia seis dias depois como tentativa de homicídio. Mas, só no início desta semana o delegado Fabiano Nagata, da 1ª DP (Delegacia de Polícia) falou sobre a investigação, depois que o vídeo viralizou em grupos de WhatsApp.

A declaração do defensor foi feita na tarde de hoje (7), durante coletiva de imprensa sobre o caso, realizada na 1ª DP (Delegacia de Polícia). Segundo ele, além de garantir a ampla defesa a seu cliente um pedido formal a Justiça foi feito para retirar alguns comentários sobre Jhonny da internet. “A medida tem o objetivo de garantir a integridade do meu cliente. Todos os trâmites agora devem correr em sigilo”, afirma Ronye, lembrando que Jhonny se diz arrependido pelo que fez e já se desculpou com o rapaz agredido por ele e amigos.

Na tarde de hoje (7), Jhonny foi indiciado por tentativa de homicídio, pelo delegado Fabiano Nagata da 1ª DP (Delegacia de Polícia). Além dele, o delegado revelou que também deve indiciar pelo mesmo crime, seu comparsa nas agressões Alessandro Ronaldo Mosca Junior, 21.

Vídeo - as imagens mostram Jhonny e Alessandro agredindo o rapaz, que chega a desmaiar. No vídeo, uma pessoa que assiste a confusão pede para que os comparsas parem de chutar e socar a vítima. Ela grita: “não mata ele, não”.
Segundo delegado, o espancamento aconteceu depois que a vítima urinou no veículo de Jhonny.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions