A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

27/03/2016 11:10

Em missa alegre, Dom Dimas fala de ressurreição e fidelidade aos fiéis

Bianca Bianchi e Caroline Maldonado
Missa de Páscoa reuniu cerca de 400 pessoas na Igreja Cristo Luz dos Povos na manhã de hoje (27) (Foto: Fernando Antunes)Missa de Páscoa reuniu cerca de 400 pessoas na Igreja Cristo Luz dos Povos na manhã de hoje (27) (Foto: Fernando Antunes)

Fiéis em pé, cantos de louvor e palmas. Marcada pela alegria, a Missa de Páscoa celebrada pelo arcebispo de Campo Grande, Dom Dimas Lara Barbosa, na Igreja Cristo Luz dos Povos, em Campo Grande, reuniu cerca de 400 pessoas na manhã deste domingo (27).

Durante sua mensagem, Dom Dimas lembrou que, diferente dos dias que compõe o Tríduo Pascal, marcados pela dor e pelo sofrimento de Cristo e pelo luto de sua crucificação, o domingo de Páscoa é marcado pela felicidade da ressurreição de Jesus.

Ao lembrar as palavras do apóstolo Paulo, que escreveu em carta aos Colossenses “se ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas do alto”, o arcebispo pediu que os fiéis se alegrassem.

“Essa é a oferta de Jesus como cordeiro, altar e sacerdote. Nada teria sentido para nós se Jesus tivesse terminado na cruz a sua luta, a sua história e a sua causa”, afirmou.

Para o comerciário Clélio Ramires, 53 anos, a missa do domingo de páscoa é diferente e especial, em relação às outras celebradas durante o ano.

“Hoje é dia de renovação de fé. Inclusive, com esse sentimento, muitas pessoas que estavam afastadas da igreja voltam a frequentar”, comentou o homem, que há 16 anos atua na equipe de acolhida igreja.

Maria do Carmo Rosário afirma que vai à missa porque se sente feliz e renovada (Foto: Fernando Antunes) Maria do Carmo Rosário afirma que vai à missa porque se sente feliz e renovada (Foto: Fernando Antunes)

A empregada doméstica Maria do Carmo Rosário, 53, fez questão de ir à missa de hoje de manha e garantiu que à noite vai voltar para a nova celebração.

“Sempre que venho, saio daqui muito feliz, me sinto renovada, vale a pena participar. Páscoa é uma oportunidade de nova vida”, declarou.

Jubileu - Durante a missa, o arcebispo lembrou que desde o dia 8 de dezembro de 2015 transcorre o ano do Jubileu, centrado na “misericórdia de Deus”, e destacou a fidelidade como uma das virtudes mais necessárias ao nosso tempo.

“Uma coisa marcante dos tempos que vivemos é o desprezo com os compromissos definitivos, sobretudo no que diz respeito à vida conjugal. Que usemos esse tempo para refletir a respeito e realizar as mudanças necessárias.”

O Jubileu Extraordinário foi convocado pelo Papa Francisco em março de 2015 e encerra no 20 de novembro deste ano. O jubileu é uma solenidade da Igreja Católica realizada a cada 25 anos. O último aconteceu em 2000, sob o pontificado de Papa João Paulo II. Por motivos especiais o papa pode comemorar jubileus extraordinários.

Hoje às 19h, acontece mais uma Missa de Páscoa na Paróquia Cristo Luz Dos Povos, que fica na Av. Bandeirantes, nº2306, Vila Bandeirante.

Fiéis em pé cantam louvores animados e felizes pela ressurreição de Cristo (Foto: Fernando Antunes)Fiéis em pé cantam louvores animados e felizes pela ressurreição de Cristo (Foto: Fernando Antunes)
Fiéis recebem a bênção com água benta do arcebispo Dom Dimas (Foto: Fernando Antunes)Fiéis recebem a bênção com água benta do arcebispo Dom Dimas (Foto: Fernando Antunes)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions