A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

10/09/2016 10:33

Em suposto sequestro, garota morde bandido e foge, mas carro é queimado

Luana Rodrigues e Julia Kaifanny
Suspeitos fugiram, mas carro foi encontrado incendiado no Taquaral Bosque. (Foto: Fernando Antunes)Suspeitos fugiram, mas carro foi encontrado incendiado no Taquaral Bosque. (Foto: Fernando Antunes)

Uma estudante de odontologia, de 22 anos, teria conseguido se livrar de sequestro mordendo os bandidos na madrugada deste sábado (9), em Campo Grande. Ela disse à polícia que saía de uma festa no 21 Music Bar, quando foi abordada por dois homens.

Ainda segundo relato da vítima, a dupla chegou a trancá-la no porta-malas, mas conseguiu fugir a pé. Os bandidos ficaram com o carro, que foi encontrado queimado pela manhã.

Conforme informações da polícia, a garota disse que saía do bar, localizado na Rua São Vicente de Paula, bairro Chácara Cachoeira, próximo à Avenida Ceará, quando os criminosos a abordaram e anunciaram o assalto. Eles teriam colocado a moça no banco de trás do veículo e, mesmo sem saber se eles estavam armados, ela disse que começou a mexer no câmbio, na tentativa de parar o carro.

Irritados com a ação, a vítima disse que os criminosos a colocaram no porta-malas. Ela contou à polícia que conseguiu abrir o bagageiro, momento em que os bandidos pararam o carro para fechar o compartimento e não chamar atenção, e a jovem disse que passou a lutar com um deles.

Com uma mordida, a menina teria conseguido fugir do criminoso e pedir ajuda para um casal, que passava pelo local.

Rapidamente, segundo a vítima, a dupla fugiu com o carro da jovem, um Fiat Palio. O veículo foi encontrado pela polícia, completamente queimado na manhã de hoje, na Rua Água Azul, próximo à Uniderp Agrárias, no bairro Taquaral Bosque, mas nenhum suspeito foi preso.

De acordo com a Polícia Civil, as informações repassadas pela vítima ainda estão sendo confirmadas, já que ela estava bastante confusa no momento em que foi ouvida. O caso será apurado pela Defurv (Delegacia Especializada em Furtos e Roubos de Veículos).

Em 2012, Breno Luigi Silvestrini e Leonardo Batista também foram sequestrados na saída do 21 Music Bar. (Foto: Reprodução)Em 2012, Breno Luigi Silvestrini e Leonardo Batista também foram sequestrados na saída do 21 Music Bar. (Foto: Reprodução)

Sequestro com morte - Em setembro de 2012, um caso de sequestro também na saída de uma festa no 21 Music Bar, chocou a população de Campo Grande.

Breno Luigi Silvestrini de Araújo, 18 anos, e Leonardo Batista Fernandes, 19 anos, foram encontrados mortos com tiros na cabeça, na entrada de uma galeria de água pluvial, no anel viário entre as saídas de Aquidauana e Rochedo, na Capital.

Os dois estavam em uma Pajero, motivo pelo qual os criminosos os sequestraram. Na investigação, a polícia descobriu que os bandidos queriam levar o veículo para a Bolívia.

Dias após o crime, a polícia localizou o carro abandonado em Corumbá. Na época, cinco pessoas foram presas por envolvimento no caso.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions