A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Janeiro de 2019

18/05/2017 17:15

Enciumado que baleou namorado da ex dever ser apresentar à polícia

Por meio de um advogado o rapaz admitiu ter tentado matar o atual namorado da ex-mulher e deve se apresentar junto com a arma usada no crime

Adriano Fernandes
Marcas no banco do carro da vítima que depois de ser atingido ainda dirigiu até uma unidade de saúde. (Foto: André Bittar) Marcas no banco do carro da vítima que depois de ser atingido ainda dirigiu até uma unidade de saúde. (Foto: André Bittar)

Dagoberto Lima Rocha de 41 anos, suspeito de ter baleado o atual namorado da ex-mulher, na última terça-feira (16) no Jardim São Lourenço, deve se apresentar a polícia nos próximos dias.

Ele foi procurado pelos investigadores em sua residência, onde não foi encontrado, mas por meio de um advogado, informou que nos próximos dias deve prestar depoimento e entregar a arma usada na tentativa de homicídio.

“Ele vai ser ouvido como réu confesso e uma das exigências é que entregue a arma do crime”, pontuou a delegada responsável pela investigação, Célia Maria Bezerra da 4ª DP (Delegacia de Polícia) nas Moreninhas.

Por volta das 23h da última terça-feira (17), Dagoberto teria efetuado os seis disparos que atingiram Erlanderson Vaz da Silva de 38 anos, no veículo Saveiro em que ele estava com a namorada de 33 anos, pela Rua Sílvio Romero, no Jardim São Lourenço, em Campo Grande. Ele fugiu após o crime que pode ter sido motivado por ciumes.

A delegada ainda explica que nessa fase inicial da investigação, a prisão preventiva ainda não pode ser solicitada à justiça pois faltam elementos práticos que comprovem o crime.

“Mas as equipes já fazem diligências por onde houve os disparos, buscando possíveis filmagens de câmeras de segurança, vamos ouvir os policiais que atenderam a ocorrência e possíveis testemunhas, apesar do avançado da hora no dia do crime”, completa.

A namorada da vitima e ex do suspeito, também deve ir prestar depoimento à delegada, nesta sexta-feira (19).

Projéteis que atingiram o rapaz ainda ficaram dentro do carro. (Foto: André Bittar) Projéteis que atingiram o rapaz ainda ficaram dentro do carro. (Foto: André Bittar)

Estável – O estado de saúde de Erlanderson ainda exige cuidados conforme informou a Santa Casa de Campo Grande. Depois de três procedimentos cirúrgicos nos últimos dois dias o rapaz, segue sedado e entubado na área-amarela (destinada a pacientes graves, mas sem risco imediato) da Santa Casa de Campo Grande.

Desde que foi encaminhado para a Santa Casa o rapaz passou por duas trocas do dreno torácico e ainda ontem (17), por uma cirurgia buco-maxilo-facial ( de reconstrução da face) sendo que um dos tiros acertou a sua boca. Seu quadro clínico é estável.

O crime - Conforme boletim de ocorrência, a namorada da vítima, de 33 anos, contou que estava com Erlanderson dentro de uma picape Saveiro, de cor preta, pela rua Rua Sílvio Romero no bairro quando seu ex-marido chegou a pé e disparou vários tiros.

Assustada, a mulher ainda gritou para que o ex-parasse, mas sem sucesso. Após o crime, Dagoberto fugiu. Mesmo ferido, Erlanderson foi dirigindo até o posto de saúde do Bairro Tiradentes, onde recebeu os primeiros socorros.

Por causa da gravidade dos ferimentos, Erlanderson foi transferido em estado grave à Santa Casa. Segundo a Polícia Civil, a vítima foi atingida no ombro, braço e boca. Dentes de Erlanderson ficaram no banco do veículo, que foi apreendido e levado à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions