ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUARTA  04    CAMPO GRANDE 22º

Capital

Encontrada em posto por zelador, “granada” é detonada e área liberada

Foram três horas de interdição da pista; movimentação assustou moradores do Nova Lima

Por Liniker Ribeiro e Aletheya Alves | 03/03/2021 17:58
"Granada" sendo distruída de forma controlado pelo Grupo de Bombas e Explosivos, do BOPE (Foto: Divulgação/BOPE PMMS)
"Granada" sendo distruída de forma controlado pelo Grupo de Bombas e Explosivos, do BOPE (Foto: Divulgação/BOPE PMMS)

Três horas após objeto semelhante a granada ser encontrado em calçada da UBSF (Unidade Básica de Saúde da família) José Tavares, no Bairro Nova Lima, trecho interditado da Avenida Zulmira Borba, em frente à unidade de saúde, foi liberado no fim da tarde desta quarta-feira (3).

Segundo apurado pela reportagem, funcionário terceirizado, que rastelava a grama em calçada nos fundos do posto de saúde, foi quem encontrou o objeto, por volta das 14h40.

O homem comunicou equipe da Guarda Civil Metropolitana, que acionou a Polícia Militar.
 Equipe do BOPE (Batalhão de Operações Especiais) esteve no local e o objeto foi detonado.

Dona Laudelina conta ter assustado com a movimentação (Foto: Kísie Ainoã)
Dona Laudelina conta ter assustado com a movimentação (Foto: Kísie Ainoã)

Para quem mora nas proximidades, a movimentação de policiais e a interdição da rua chamou atenção. “Ficamos assustados com todo mundo aparecendo, a policia. O bairro é tranquilo, a gente nunca viu uma coisa dessas. Moramos aqui há mais de 15 anos”, revelou Laudelina Maria dos Santos, de 63 anos.

O objeto, semelhante a granada, foi detonado pelo GBE (Grupo de Bombas e Explosivos), do BOPE, por meio de uma detonação controlada.

O material recolhido será levado pra base BOPE para análise, pericia técnica e confecção de um relatório técnico.

Assista vídeo que mostra o momento em que profissional se aproxima da objeto:

Movimentação em frente à unidade de saúde onde "granada" foi encontrada (Foto: Kísie Ainoã)
Movimentação em frente à unidade de saúde onde "granada" foi encontrada (Foto: Kísie Ainoã)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário