A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

07/12/2012 16:50

Engenheiro de seguradora diz que vizinhos atingidos serão indenizados

Paula Maciulevicius e Helton Verão
Pela manhã, a perícia esteve no local e constatou que durante o incêndio, a temperatura chegou a 1000°C. (Foto: Rodrigo Pazinato)Pela manhã, a perícia esteve no local e constatou que durante o incêndio, a temperatura chegou a 1000°C. (Foto: Rodrigo Pazinato)

O engenheiro da seguradora da loja Paulistão, incendiada nesta quinta-feira, está avaliando os estragos no prédio e os prejuízos que os vizinhos tiveram. Segundo o engenheiro, o seguro cobre além da estrutura do prédio e produtos armazenados, os prejuízos de terceiros. Ou seja, as duas residências e o escritório que foram interditados pela Defesa Civil terão cobertura pelos estragos.

O funcionário da seguradora informou ainda que o processo para a indenização é rápido, assim que o proprietário apresentar documentos assinados pela perícia. Ele disse ainda que será possível aproveitar boa parte da estrutura e que não será preciso demolir o prédio.

Informação que contesta a análise preliminar da Defesa Civil, de que pelo menos 40% do prédio do Paulistão, terá que ser demolido. Ainda conforme o órgão, os imóveis que ficam atrás – duas residências e um escritório – estão interditados porque há risco de desabamento. Estes locais são germinados com a parede de fundo do Paulistão, cujo teto desmoronou e vidros quebraram. Parte do telhado caiu na cobertura da distribuidora de alimentos, que fica ao lado.

As chamas foram controladas por volta das 10 horas, três horas depois do incêndio ter começado. Mas, ainda no início da noite de ontem, bombeiros faziam o rescaldo. E hoje pela manhã, retornaram a loja para o controle de novos focos.

A Perícia foi feita no local. Materiais queimados foram recolhidos e fotografias tiradas. Segundo a Perícia, a temperatura no local, durante o incêndio, ultrapassou 650º e em alguns pontos chegou a 1000º.



O proprietário das Lojas Paulistão, precisa passar por uma "sessão de despacho" para espantar o azar.
Em 5 anos, suas lojas foram 2 vezes destruidas pelo fogo.
Muita coincidência mesmo.

 
VALDIR VILLA NOVA em 08/12/2012 08:34:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions