A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 26 de Setembro de 2018

17/03/2018 16:50

Espera de 7 horas, confusão e cochilo na grama marcam penúltimo dia da biometria

No TRE, além de "furar fila" alguns eleitores estariam ingerindo bebida alcoólica e incomodando multidão ao redor

Danielle Valentim e Miriam Machado
O calor e cansado proporcionado após várias horas na fila levaram eleitora a tirar um cochilo na grama.
(Foto: Paulo Francis)O calor e cansado proporcionado após várias horas na fila levaram eleitora a "tirar" um cochilo na grama. (Foto: Paulo Francis)

Com calor próximo aos 40°C e espera por atendimento superior a sete horas, teve eleitor que tentou furar fila, parou para tomar cerveja e até tirou cochilo na grama do Fórum Eleitoral, no Parque dos Poderes. Dois princípios de tumulto foram intermediados pela Polícia Militar, na tarde deste sábado (17), penúltimo dia do prazo de cadastramento da biometria.

Pela manhã, equipe do Campo Grande News foi ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral) e entrevistou o funcionário público Odair Campos. No entanto, às 15h12, quando a reportagem retornou ao prédio se deparou com a saída do mesmo eleitor, que havia chegado às 8h45. Foram sete horas de espera. “Passaram umas 200 pessoas na minha frente. Muitos chegaram depois e saíram antes”, reclamou.

Sobre a situação, atendentes admitiram que há divisão na distribuição das senhas, porém, apenas, para acelerar os atendimentos e não para privilegiar quem quer que seja. Os atendimentos ocorrem no primeiro e segundo andar do Fórum Eleitoral.

Uma das confusões ocorreu dentro do prédio, quando um eleitor saiu da fila por um tempo e quando retornou quis se posicionar no mesmo lugar, furando a fila. A PM retirou o homem. Outro pequeno tumulto ocorreu depois de um jovem se aproximar de amigos e tentar permanecer na fila.

Uma das confusões ocorreu dentro do prédio. (Foto: Paulo Francis)Uma das confusões ocorreu dentro do prédio. (Foto: Paulo Francis)

Alguns eleitores se incomodaram com o fato de que algumas pessoas começaram a ingerir bebidas alcoólicas, por volta das 11h. Ambulantes estavam comercializando cervejas. Outras se cansaram e decidiram dormir na grama.

Memorial da Cultura - A situação não é diferente na Fundação de Cultura do Estado onde funciona outro ponto de cadastramento. A fila que durante a manhã dava voltas dentro do prédio e ao redor do quarteirão resultou na interdição de uma das faixas da 14 de Julho, pela Agetran (Agência Municipal de Trânsito). Teve eleitor que para garantir os primeiros lugares no atendimento teve de chegar às 3h45 e se deparou com mais de 100 pessoas que já estavam no local.

Total - Até agora, foram realizados, nos dois pontos de apoio, cerca de 8,9 mil cadastramentos. Para este domingo, último dia do prazo a expectativa é de que que se atinja 10 mil atendimentos, em todos os postos. Para reforçar os trabalhos, Campo Grande recebeu 40 kit de biometria do estado nordestino Paraíba.

Com 88% dos eleitores cadastrados, o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) afirma que não irá prorrogar o prazo para o eleitor cadastrar a biometria em Campo Grande. Pelo órgão, o campo-grandense tem até este domingo (18) para ficar em dia com a exigência. 

O Fórum Eleitoral funcionará entre 8h e 17h neste domingo e para facilitar o acesso dos eleitores ao Parque dos Poderes, haverá reforço nas linhas 230 (Terminal Nova Bahia/Parque dos Poderes) e 521 (Parque dos Poderes/Centro). O atendimento também ocorrerá no Memorial da Cultura no mesmo horários.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions