A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

17/03/2018 09:27

No penúltimo dia do prazo, fila para biometria interdita faixa de avenida

Para garantir os primeiros lugares no atendimento teve leitor que chegou às 3h45 e se deparou com mais de 100 pessoas na fila

Danielle Valentim e Miriam Machado
(Foto: Paulo Francis)(Foto: Paulo Francis)

A fila que dá voltas dentro do prédio do Memorial da Cultura, na Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, e segue ao redor do quarteirão resultou na interdição de uma das faixas da 14 de Julho, pela Agetran (Agência Municipal de Trânsito). Para garantir os primeiros lugares no atendimento teve leitor que chegou às 3h45 e se deparou com mais de 100 pessoas na fila.

Os atendimentos neste sábado (17) iniciaram às 7h e os primeiros documentos só saíram por volta das 8h. A agente de limpeza Meire Barbosa dos Santos, de 45 anos, chegou ao Memorial às 4h15 e só pegou o título às 8h15. “É o jeitinho Brasileiro, né? Eu trabalho e não tive tempo. Mas hoje já me livrei e trouxe até minha filha de 18 anos para fazer a primeira via”, disse.

Acompanhada do irmão e cunhada, a comerciante Lucene Torraca chegou às 3h45 e já era uma das 100 pessoas. “Só vim porque era obrigatório. Acho que é uma perda de tempo e nem o voto teria de ser obrigatório”, disse.

Desistência - Não dá para colocar a culpa todos por pelo atraso ou por deixar para a última hora. O vendedor Antônio Fábio, por exemplo, desistiu das filas várias vezes, desde quando havia mutirões em escolas e até por motivos de queda no sistema, segundo ele. Neste sábado, o vendedor desistiu mais uma vez.

“Hoje cheguei 4h na Fernando Correia da Costa e a fila já estava subindo a Calógeras chegando na 26 de Agosto. Não para ficar tanto tempo na fila, acho uma tremenda falta de respeito com as pessoas cidadãs acho que o TRE deveria sim prorrogar o prazo e inclusive abrir mais postos nas escolas nos finais de semana e em alguns locais abrir no período noturno também”, desabafou.

Por dia, só no Memorial da Cultura são registrados 4 mil atendimentos, nesta sexta-feira (16) um total de 4,2 mil. Ao todo, com a soma dos pontos chegam a 8 mil. O prazo para quem irá fazer o primeiro título ou transferência, não encerra neste domingo (18), mas no dia 9 de maio. A meta era cadastrar 80% da população, e até ontem já havia atingido os 88%.

Como o prazo encerra-se no domingo, o TRE-MS fez uma parceria com a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito). O Fórum Eleitoral funcionará entre 8h e 17h no sábado e domingo e para facilitar o acesso dos eleitores ao Parque dos Poderes, haverá reforço nas linhas 230 (Terminal Nova Bahia/Parque dos Poderes) e 521 (Parque dos Poderes/Centro). O atendimento também ocorrerá no Memorial da Cultura nos mesmos dias e horários.

O eleitor deve levar via original de um documento oficial de identificação com foto e comprovante de residência atualizado. Homens maiores de 18 anos que irão tirar o título pela primeira vez, devem também apresentar o comprovante de quitação do serviço militar, com cópia. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions