A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

26/01/2013 15:15

Estoque de remédios terá reforço de 50% para tratamento da dengue

Aline dos Santos e Mariana Lopes
Segundo secretário, está sendo feita lista para compras. (Foto: Rodrigo Pazinato)Segundo secretário, está sendo feita lista para compras. (Foto: Rodrigo Pazinato)

Publicado na segunda-feira, o decreto de situação de emergência vai ser usado para reforçar em 50% o estoque de medicamentos e material hospitalar nos posto de saúde de Campo Grande. Com a medida, a Prefeitura pode fazer as compras com dispensa de licitação.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Ivandro Fonseca, está sendo feito levantamento do material e remédios necessários. A lista será encaminhada ao setor de compras. “Serão comprados paracetamol, soro, diclofenaco”, exemplifica o secretário.

Campo Grande enfrenta uma epidemia de dengue, com 13.425 casos notificados. A situação se agravou em 2013 com a circulação do tipo 4 da doença, ao qual toda a população está suscetível.

No decreto, publicado no último dia 21, a medida foi justificada devido ao baixo estoque de medicamentos da gestão anterior e a falta de trabalho preventivo em 68 microrregiões da cidade ao longo de 2012. O decreto tem validade de 180 dias. Em 2007, no auge de epidemia, foram 12.192 mil casos no mês.



esse secretario tem q aprender q diclofenaco nao se prescreve para quem tem dengue mostra o seu despreparo com a secretaria de saude
 
andre nunes em 26/01/2013 16:06:23
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions