A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 16 de Novembro de 2018

09/11/2018 15:26

Ex que feriu mulher por usar "short curto" é condenado a 10 anos de prisão

Paulo não compareceu ao júri, mas ainda assim foi condenado por tentativa de feminicídio

Geisy Garnes
Vítima levou facadas na lateral das costas. (Foto: Reprodução do processo)Vítima levou facadas na lateral das costas. (Foto: Reprodução do processo)

Réu levado a júri nesta sexta-feira (9) por esfaquear a ex-mulher foi condenado a 10 anos de prisão em regime fechado. Paulo Benites da Silva tentou matar Elaine Cristina Silva em março de 2015 porque se irritou por ela ter saído de short curto de casa.

Nesta manhã, Paulo não compareceu ao júri, mas ainda assim foi condenado por tentativa de feminicídio.

O crime aconteceu no dia 3 de março, depois que o suspeito “se irritou” ao ver a ex-mulher sair de short curto de casa. Elaine foi atingida por seis facada: duas no pescoço, uma no ombro, uma no braço, uma nas costas e uma na lateral do seio, que perfurou o pulmão. Por conta disso, a vítima ficou uma semana internada e preciso retirar 500 ml de sangue.

Em depoimento, a vítima contou que no dia da tentativa de homicídio, saiu para buscar a filha na escola e que quando chegou, os dois discutiram porque segundo Paulo, a roupa que ela estava era de ficar em casa. Em seguida deitou no sofá com a criança quando foi atingida pelas facadas.

“Minha filha gritava pra ele parar. Depois ele saiu correndo e trancou a gente em casa. Meu filho de seis anos pulou o muro pra chamar a dona da casa que morava na frente pra vir abrir a casa e pedir socorro”, relembrou a vítima.

Na época, Paulo foi preso em flagrante, mas ganhou liberdade dois meses depois. Ao fim das audiências chegou a ser pronunciado pelo juiz Aluízio Pereira dos Santos apenas por lesão corporal, mas o Ministério Público recorreu da sentença e o Tribunal de Justiça o mandou para júri popular.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions