A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

30/09/2011 12:15

Exames clínicos feitos em crianças vão ajudar a identificar causa de mal estar

Marta Ferreira

Foram feitos exames de sangue, de urina, de fezes e ainda colhidas amostras de mucosa das crianças que passaram mal em escola de tempo integral

Exames feitos em crianças que foram para o hospital vão ajudar a identificar causa de mal estar após refeição em escola. (Foto: João Garrigó)Exames feitos em crianças que foram para o hospital vão ajudar a identificar causa de mal estar após refeição em escola. (Foto: João Garrigó)

Além da análise microbiológica nos alimentos que foram servidos aos estudantes da escola municipal de tempo integral Iracema Maria Vicente, a causa do mal estar em 180 deles na terça-feira vai ser identificada também com a ajuda dos exames clínicos feitos nas crianças.

As 12 que ficaram internadas por até dois dias e parte das outras, as que ficaram mais tempo em unidades de saúde, fizeram exames para identificar que microorganismo provocou a intoxicação alimentar nas crianças.

Foram feitos exames de sangue, de urina e coletadas amostas de fezes e de mucosa. O exame de sangue tem resultado mais rápido, mas não foram divulgadas informações sobre o que foi identificado nos testes feitos nas crianças ainda no hospital.

As outras análises demoram mais e estão sendo realizada pelo Lacen (Laboratório Central), ligado à Secretaria de Estado de Saúde.

De acordo com a coordenadora de urgência da Secretaria de Saúde, Gislaine Poleto, o resultado definitivo vai sair em até 30 dias.

É o mesmo prazo previsto para os resultados da análise microbiológica nas amostras de alimentos servidos aos estudantes. Ontem, o Lacen excluiu a possibilidade de a água ter provocado a intoxicação. Os testes feitos em 5 amostras apontaram que a água estava potável.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions