A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

08/12/2015 23:05

Exercito põe amanhã homens na rua para recolher pneus e eliminar focos do Aedes

Flávio Paes
Militares passara por treinamento ontem na
Coordenadoria de Vetores (Foto:Divulgação)Militares passara por treinamento ontem na Coordenadoria de Vetores (Foto:Divulgação)

Depois de um dia de treinamento na Coordenadoria de Controle de Endemias da Secretaria Municipal de Saúde, 48 militares do Exército Brasileiro sairão amanhã, quarta-feira (9) às ruas em 8 caminhões, recolhendo pneus abandonados em borracharias e terrenos baldios, dentro da estratégia de combate ao combate aos focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue e também da febre chikungunya e zika vírus.

Segundo o coordenador de Endemias, Alcides Ferreira, os militares se dividirão nas sete regiões urbanas de Campo Grande, sendo que em cada veículo terá seis militares e um agente epidemiológico para ajudar a identificar e orientar sobre o mosquito.

Os pneus serão levados para uma empresa especializada, onde terão seu descarte adequado. “Essa ação com pneus ocorrerá até abril do ano que vem. O Exército ainda vai disponibilizar outros grupos para acompanhar as visitas domiciliares, em comércios e terrenos baldios.

Dados epidemiológicos

De acordo com a Sesau, do dia 27 de janeiro a 8 de dezembro foram 7.614 notificações deste total, 3.819 casos confirmados de dengue, cinco com dengue grave e três mortes em decorrência da doença. Com relação à chikungunya, neste mesmo período ocorreram 74 notificações, com dois casos confirmados (importados).

Quanto ao zika vírus, o levantamento feito pela Sesau até essa terça-feira (08.12) revela 75 casos investigados com suspeita da doença, nenhum caso ainda foi confirmado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions