A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

05/09/2014 17:25

Família afirma que adolescente morto era humilhado e perseguido

Lidiane Kober e Francisco Júnior
Segundo a tia, o adolescente morte era humilhado e perseguido na rua e na escola (Foto: Marcos Ermínio)Segundo a tia, o adolescente morte era humilhado e perseguido na rua e na escola (Foto: Marcos Ermínio)

Abalados com a morte de Matheus Henrique, de 16 anos, familiares o velaram na tarde de hoje (5), no Jardim Noroeste, em Campo Grande. Maria Cavalcanti, 48 anos, tia do adolescente e que se diz quase uma mãe para ele, afirmou que o sobrinho a vida toda se queixou que era perseguido e humilhado na rua e na escola.

Maria lembra com carinho do sobrinho. Ela afirma que ele sonhava em ser estilista, que queria ajudar a família e ter uma vida melhor. “O Matheus era um menino carinhoso, só queria o bem para todo mundo”, contou. “Nós queremos justiça, quem matou meu sobrinho acabou com a nossa família”, emendou ao prantos.

Matheus morreu, por volta das 17h30 de ontem (4), em um ônibus que faz a linha 519, no Bairro Maria Aparecida Pedrossian, após ser alvo de golpes de faca, desferidos por um adolescente, de 14 anos. Os dois estudavam no mesmo colégio.

Por isso, Maria avalia que o convívio escolar deixou de ser um local seguro, em que os pais podem deixar seus filhos com tranquilidade. “É melhor ficar preso, porque nos presídios tem mais segurança que nas escolas”, desabafou.

Indagado sobre a causa da morte, o delegado Maércio Alves Barbosa afirmou desconhecer a razão do assassinato. “Não temos nada oficial, isso é algo que precisa ser verificado por meio de depoimentos”, declarou.

Vídeo - Na tarde desta sexta-feira, ele teve acesso às imagens da cena do homicídio e informou que a gravação deixa nítido que houve um homicídio. “Recebemos o vídeo da empresa de transporte do Consórcio Guaicurus e as imagens são bem claras, mostram o momento em que os golpes são desferidos”, contou o delegado.

Ele informou ainda que a gravação está sem áudio e será encaminhada para a perícia narrar o histórico do crime.

Questionado sobre os motivos de nenhum passageiro interromper a briga ou tentar evitar a morte, Maércio disse que as imagens mostram que o acusado acionou a faca e desferiu os golpes de maneira “bem rápida e surpreendente”, o que teria impedido qualquer reação.

Depois de encaminhar o vídeo à perícia, o delegado ouvirá testemunhas do crime e familiares dos adolescentes. Segundo ele, nenhum dos adolescente têm passagem pela polícia.

Matheus chegou a ser socorrido, mas morreu no posto de saúde do Bairro Tiradentes. Informações apuradas pelo Campo Grande News, apontam que a vítima e o autor do crime haviam se desentendido um dia anterior ao homicídio em um ponto de ônibus no Jardim Noroeste.

O adolescente que cometeu o crime está apreendido na Unei (Unidade Educacional de Internação) no Bairro Los Angeles. O caso é investigado pela Deaij (Delegacia de Atendimento à Criança e ao Adolescente).

Abalados, familiares e amigos velaram Matheus hoje no Jardim Noroeste (Foto: Marcos Ermínio)Abalados, familiares e amigos velaram Matheus hoje no Jardim Noroeste (Foto: Marcos Ermínio)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions