ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUARTA  20    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Família de encarregado de obras alega que homem morreu por rixa

Por Filipe Prado | 11/07/2014 19:03
A família de Alcides imaginou que o homicídio ocorreu por conta de uma briga (Foto: Marcelo Calazans)
A família de Alcides imaginou que o homicídio ocorreu por conta de uma briga (Foto: Marcelo Calazans)
O delegado trabalha com a possibilidade de latrocínio ou homicídio (Foto: Marcelo Calazans)
O delegado trabalha com a possibilidade de latrocínio ou homicídio (Foto: Marcelo Calazans)

Além de tentativa de latrocínio, polícia investiga possível rixa que ocasionou a morte do encarregado de obras Alcides Pedro Farias, 60 anos, na Rua Aristides Lobo, quase esquina com Rua Engenheiro Paulo Frontin,no Bairro Uirapuru, região do Jardim Los Angeles, na tarde de hoje (11). O homem morreu com um tiro no ombro direito.

De acordo com o delegado plantonista da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento), Gustavo Ferrari, os familiares disseram que Alcides se desentendeu com uma pessoa e questionaram se ela seria o autor do crime.

Vários familiares estavam no local, quando um filho do encarregado de obras entrou em seu carro e foi em busca do suposto autor, conforme testemunhas.

Alcides, segundo testemunhas, estaria carregando R$ 10 mil, dinheiro usado para pagar funcionários das obras. A primeira linha de investigação do delegado é latrocínio, porém, como foram encontradas várias notas com Alcides, o crime pode ter sido na forma tentada.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário