A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

17/08/2015 17:01

Família perde tudo em incêndio e quer ajuda para reconstruir casa

Alan Diógenes e Juliana Brum
Idoso, que está doente com câncer, mostra casa destruída e pede ajuda para reconstrução. (Foto: Marcos Ermínio)Idoso, que está doente com câncer, mostra casa destruída e pede ajuda para reconstrução. (Foto: Marcos Ermínio)
Mãe disse que filho de seis anos provocou o incêndio. (Foto: Marcos Ermínio)Mãe disse que filho de seis anos provocou o incêndio. (Foto: Marcos Ermínio)

A família com oito integrantes que teve a casa destruída pelo fogo na Rua Texas, Jardim Inapólis, saída para Terenos, em Campo Grande, por volta das 16h da última sexta-feira (17), pede ajuda para reconstruir o imóvel. O incêndio foi causado por um menino de seis anos, que estava sob cuidado de um idoso de 74, no dia do acidente.

O idoso Neris de Castro, proprietário da residência, está com câncer e chamou há dois meses a ex-companheira Nilza Almeida Ramos, 35 anos, para morar com ele e o ajudar, por conta da doença. A mulher então se mudou para casa com o atual marido, o irmão e quatro filhos.

No dia do incêndio, o marido saiu para pegar a filha adolescente na escola e deixou Neris cuidando do menino. Em certo momento, o idoso foi tomar banho e se sentou um uma cadeira de fio ao lado de fora da casa. A vizinha viu o fogo e começou a gritar por seu nome. Ele se assustou porque sabia que a criança estava no interior do imóvel.

Como o menino trancou a porta para o lado de dentro, por medo de represálias, Neris teve que arrombá-la. O idoso encontrou o garoto escondido atrás da porta do banheiro.

Apesar do susto, ninguém ficou ferido, mas a casa ficou completamente destruída. O teto cedeu e a família perdeu tudo como: móveis e documentos. Eles só ficaram com a roupa do corpo, restando apenas as mochilas das outras crianças, que estavam na escola no momento do incêndio.

A perícia da Polícia Civil esteve no local, na tarde desta segunda-feira (17), e liberou a família para fazer a limpeza. Para reformar a casa com dois quartos, sala e cozinha e que é da Agehab (Agência Estadual de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul), a família terá que registrar um boletim de ocorrência. Eles já receberam doações de tijolos e cimento.

Nilza, que trabalha em uma loja, pede ajuda para conseguir arrumar a casa do idoso, que sempre lhe estendeu a mão. Sobre o incêndio, a criança diz que jogou um fósforo aceso em cima do colchão. Outra hora diz que o fogo começou sozinho.

Moradores do bairro se mobilizaram e alugaram uma casa no mesmo bairro para que a família fique, sem pagar aluguel por um mês. É lá que eles estão.

Uma das vizinhas, Luciane Batista Pereira, 38, está organizando um bingo beneficente para ajudar a família. Ela já conseguir uma vaca, mas precisa de mais prêmios para o evento. Por isso, quem puder ajudar pode entrar em contato pelo telefone (67) 9140-9130.

Apesar de já ter recebido doações como: alimentos, cestas básicas e frutas, a família ainda precisa de solidariedade. Nesta terça-feira (18) eles irão prestar depoimento na delegacia.

 

Família perdeu tudo, como: móveis e documentos. (Foto: Marcos Ermínio)Família perdeu tudo, como: móveis e documentos. (Foto: Marcos Ermínio)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions