ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, TERÇA  28    CAMPO GRANDE 27º

Capital

Fim de semana tem plantão de vacinação contra gripe, sarampo e covid-19

O horário de funcionamento das unidades será das 7h30 às 17h

Por Adriano Fernandes | 20/05/2022 20:44
Criança sendo vacinada em um dos postos de saúde da Capital. (Foto: Divulgação)
Criança sendo vacinada em um dos postos de saúde da Capital. (Foto: Divulgação)
Neste fim de semana, as unidades de saúde da Capital estarão de plantão para vacinação do maior número possível de moradores contra a Gripe, covid-19 e sarampo além da testagem de covid-19. No sábado (21), os atendimentos serão realizados nas unidades de saúde do Dona Neta, Coronel Antonino e Moreninha. Já no domingo (22), apenas a UBS Dona Neta, no Bairro Guanandi, estará aberta para o atendimento da população. Em ambos os dias o horário de funcionamento das unidades é de 7h30 às 17h.
A primeira dose da vacina contra a Covid-19 continua disponível para todas as pessoas com 5 anos ou mais.  Aqueles que precisam tomar a sua segunda dose devem ficar atentos a data descrita no comprovante de vacinação. A carteirinha pode ser consultada pelo site:http://vacina.campogrande.ms.gov.br.

A terceira dose está disponível para pessoas de 18 anos ou mais que tomaram a segunda dose há pelo menos quatro meses, assim como pessoas de 12 a 17 anos com imunocomprometimentos vacinadas há 28 dias. Já a quarta dose é voltada a pessoas de 50 anos ou mais, trabalhadores da saúde de qualquer idade e pessoas com imunocomprometimento de 18 anos ou mais vacinados há quatro meses.


Vacinação contra a Influenza - Desde o dia 16 de maio, a vacinação contra a gripe está liberada para todos os públicos prioritários estimado em aproximadamente 295,2 mil pessoas. A meta é atingir 90% de cobertura.

Quem deve se vacinar - Idosos com 60 anos ou mais; Trabalhadores da saúde; crianças de seis meses a menores de cinco anos; gestantes em qualquer idade gestacional; puérperas até 45 dias pós-parto; caminhoneiros; população indigena; profissionais das forças armadas; profissionais das forças de segurança e salvamento; trabalhadores da educação; trabalhadores do serviço rodoviário de transporte de passageiros; população com deficiências permanentes; população com comorbidades; profissionais do sistema penitenciário; profissionais portuários; população privada de liberdade e jovens em cumprimento de medidas socioeducativas.

Nos siga no Google Notícias