A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

24/06/2016 13:03

Fiscalização encontra urgências de pediatria com lotação superior a 80%

Fernanda Mathias
Falta de vagas na pediatria resulta da falência no atendimento básico, diz CRM (Foto: Divulgação/CRM)Falta de vagas na pediatria resulta da "falência" no atendimento básico, diz CRM (Foto: Divulgação/CRM)

O CRM (Conselho Regional de Medicina) percorreu na última quarta-feira (22), as urgências pediátricas da Santa Casa, Hospital Universitário e Hospital Regional, em Campo Grande, e encontrou uma média de superlotação de 80% acima da capacidade de atendimento, entre as três unidades.

“É importante frisar que tudo isso ocorre devido à falência no atendimento primário da população. Estamos fazendo tratamento curativo quando a função principal do pediatra é preventiva, evitar doenças. Já acionamos o Ministério Público Estadual, gestores e diretores dos hospitais”, diz o diretor de fiscalização do CRM, Alberto Cubel.

Cubel ressalta que neste período do ano a superlotação é histórica, por conta da maior incidência de problemas respiratórios durante o inverno, mas desta vez a situação é mais grave que em anos anteriores, devido ao aumento de casos de gripe e também da falta de atendimento em unidades básicas de saúde.

“Não temos visto mais o atendimento ambulatório, são poucas as unidades básicas de saúde. Com isso, quem corre risco é o elo mais fraco da cadeia, que são os pacientes”.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions