A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

20/09/2016 17:38

Flagrado com 1 mil fotos de crianças nuas paga fiança de R$ 400 e é solto

Guilherme Henri
José Antônio da Costa Duarte Filho, 41 anos (Divulgação/ Polícia Civil)José Antônio da Costa Duarte Filho, 41 anos (Divulgação/ Polícia Civil)

José Antônio da Costa Duarte Filho, 41 anos pagou fiança de R$ 400 e voltou a circular pelas ruas de Campo Grande. Ele foi preso em flagrante ontem (19) com um celular furtado, que usava para armazenar pelo menos 1 mil fotos de bebês, crianças e adolescentes nuas.

De acordo com o delegado que investiga o caso, Mario Donizete Ferraz de Queiroz, da Depca (Delegacia Especializada de Proteção a Criança e ao Adolescente), após a prisão do suspeito, o juiz plantonista, que não teve o nome informado pela polícia, arbitrou fiança de R$ 400, pelo crime que irá responder pela delegacia.

Porém, José Antônio, também responderá por receptação dolosa – quando há intenção – pela Deco (Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado) onde também foi autuado em flagrante.

Por isto, ficou preso nas celas da Derf (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Roubos e Furtos de Veículos) onde ficou detido até hoje (20).

Segundo a delegada titular da Deco, Ana Claudia Medina, em audiência de custódia o juiz manteve a decisão sobre a fiança e ainda a estendeu para o crime que responderá por sua delegacia. Caso a pagasse, ele responderia aos crimes provisoriamente em liberdade.

Ao Campo Grande News, um dos delegados da Derf confirmou que o suspeito não está mais preso na delegacia e que a informação passada é que foi por conta de um alvará de soltura. O que pode indicar, segundo a delegada Ana Claudia Medina, que ele pagou a fiança.

Celular e pen drive apreendidos com as imagens de crianças nuas (Foto: Guilherme Henri)Celular e pen drive apreendidos com as imagens de crianças nuas (Foto: Guilherme Henri)

Caso - a prisão do suspeito foi realizada por policiais da Deco que investigavam o furto de um celular. “A princípio José Antônio era o comprador do celular, que era furtado. Porém, quando os policiais acessaram o aparelho se depararam com diversas fotos de meninas nuas”, disse o delegado Mario.

Em revista na casa, os policiais ainda encontraram um pen drive, que também continha o mesmo conteúdo.

O homem foi preso e levado para a delegacia onde foi autuado por manter ou armazenar conteúdo pornográfico envolvendo criança ou adolescente.

Em depoimento, o suspeito disse ao delegado que baixou as fotos da internet. Para ter certeza, o delegado encaminhou todo o material para a perícia que deve emitir laudo sobre a procedência das fotos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions