A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

06/09/2012 19:17

Fogo na sede de torcida do Corinthians começou em caixa de som e ventilador

Nyelder Rodrigues e Helton Verão
Fogo começou no ventilador e na caixa de som. O prédio é alugado e seria entregue no dia 30 de setembro (Foto: Rodrigo Pazinato)Fogo começou no ventilador e na caixa de som. O prédio é alugado e seria entregue no dia 30 de setembro (Foto: Rodrigo Pazinato)

O incêndio que atingiu o prédio da torcida corintiana Pavilhão Nove, em Campo Grande, no final da tarde desta quinta-feira (6), poderia ter sido maior, segundo o Corpo de Bombeiros. O fogo começou em um ventilador e uma caixa de som.

De acordo com o tenente Leneir Pedroso, o forro do local foi todo danificado, e as chamas só não se alastraram mais por que o material, o PVC, tende a se encolher diante de altas temperaturas.

Três caminhões do Corpo de Bombeiros foram usados para combater as chamas. Não havia ninguém dentro do prédio. A Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) também foi ao local para interditar duas quadras da Rui Barbosa, acima e abaixo do prédio incendiado.

Apesar dos estragos, o presidente da torcida em Campo Grande, Anderson Mandu, disse que a torcida dará a volta por cima. “Sábado, quando haverá jogo do Corinthians, os torcedores podem vir, pois estaremos aqui do mesmo jeito”, declarou.

Já o vice-presidente, Tom de Almeida, disse que tentou fazer seguro para o prédio, mas não conseguiu. O local é locado e seria entregue no dia 30 de setembro. Todos alvarás, segundo Tom, estão em dia. O valor do aluguel é de R$ 3,7 mil por mês.

Um dos integrantes da torcida, Alexandre Mota, de 21 anos, disse que vários móveis e partes do prédio foram atingidos, como os banheiros. Cadeiras e o tatame onde são dadas aulas de artes marciais foram atingidos. A loja onde são vendidos produtos da torcida e do Corinthians no local não foi atingida.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions