ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SÁBADO  24    CAMPO GRANDE 28º

Capital

Fora da lista, Elizete faz plantão em drive-thru à espera de sobra de vacina

A fila de veículos dentro do parque era de dois quilômetros nesta manhã

Por Aline dos Santos e Mariana Rodrigues | 19/03/2021 11:50
Elizete está fora do público-alvo de hoje, mas decidiu testar a sorte e faz plantão à espera de sobra da vacina. (Foto: Kísie Ainoã)
Elizete está fora do público-alvo de hoje, mas decidiu testar a sorte e faz plantão à espera de sobra da vacina. (Foto: Kísie Ainoã)

Fora da faixa etária liberada para vacinação contra o coronavírus, Elizete da Conceição Rodrigues Feitosa, 63 anos e com comorbidades, montou acampamento no drive-trhu do Parque Ayrton Senna, no bairro Aero Rancho, em Campo Grande, na tentativa de conseguir sobra do imunizante.

Ela tentou a estratégia ontem (dia 18), mas não sobrou dose. Hoje, retornou ao local às 6h30 com guarda-sol, cadeira de praia, água, lanche e frutas para passar o dia. A verificação se houve sobra de dose é feita após às 17h30, quando é encerrada a imunização.

“Ontem não sobrou, mas tinha 15 pessoas em carro esperando. Sei que não tem garantia de que sobrará dose, mas estou confiando na ciência e em Deus”, conta Elizete Feitosa.

A coordenadora do polo de vacinação montado no parque, Ionise Piazzi, compara que conseguir uma dose devido à sobra é equivalente à chance de ganhar na loteria. Um frasco do imunizante contém 10 doses. Após aberto, não pode ser guardado porque a vacina estraga.

Na quarta-feira, sobraram três doses. Ontem, 20 pessoas ficaram na expectativa de sobra, mas todas as doses foram aplicadas no público-alvo. “É como ganhar na loteria. A nossa vontade é atender todo mundo. Mas precisamos fazer a triagem, confirmar no documento a idade exata ou se é realmente profissional da saúde”, afirma Ionise.

Drive-thru da vacinação funciona no Parque Ayrton Senna, no bairro Aero Rancho. (Foto: Kísie Ainoã)
Drive-thru da vacinação funciona no Parque Ayrton Senna, no bairro Aero Rancho. (Foto: Kísie Ainoã)

Hoje, a fila de veículos dentro do parque era de dois quilômetros. Durante a manhã, foram imunizadas 500 pessoas. No local, são quatro box para atender ao público. A previsão é abrir mais três, totalizando sete estações de vacinação.

 “Estou muito feliz. Não esperava que fosse conseguir tomara vacina”, diz o representante comercial Osvaldo Fernandes, 74 anos. Ele chegou ao parque às 9h30 e foi imunizado às 10h10.

A professora aposentada Maria Luiza Ferraz, 74 anos, fez o cadastro prévio pela internet e hoje era o retrato da felicidade. “Não via a hora de tomar a vacina.É um momento muito feliz na minha vida”, diz. Ela estava acompanhada da filha e da neta de 8 anos.

“Trouxe o meu pai e agora estou trazendo minha mãe. Fico muito feliz”, afirma a fisioterapeuta Rutinéia Ferraz, filha de Maria Luiza.

“Estou muito feliz”, afirma o representante comercial Osvaldo Fernandes, 74 anos. (Foto: Kísie Ainoã)
“Estou muito feliz”, afirma o representante comercial Osvaldo Fernandes, 74 anos. (Foto: Kísie Ainoã)

Técnica de laboratório, Rita de Cássia Palhares, 52 anos, descreve a vacina como momento essencial na vida de todos. “Que bom que temos essa oportunidade”.

Calendário - Nesta sexta-feira, a vacinação é para os seguintes grupos: idoso com 74 anos ou mais, trabalhadores da saúde com 50 anos ou mais, além de odontólogos e auxiliares farmacêuticos/bioquímicos e técnicos auxiliares (40 anos ou mais).

Além do drive-thru, 53 unidades de saúde realizam a vacinação. Para conferir todos os locais disponíveis, clique aqui

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade



Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário