A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

09/05/2014 22:34

Funcionários das Ceinfs não aceitam proposta da prefeitura e entrarão em greve

Alan Diógenes
Decisão foi tomada durante assembleia realizada na quarta-feira (7). (Foto: Divulgação)Decisão foi tomada durante assembleia realizada na quarta-feira (7). (Foto: Divulgação)

Os trabalhadores dos Ceinfs (Centros de Educação Infantil) não aceitaram a proposta da prefeitura de Campo Grande de reajuste salarial de 8% para quem ganha até R$ 1 mil. Desta forma, os terceirizados por meio de convênio entre a Omep (Organização Mundial para a Eduação Pré-Escolar), Seleta (Sociedade Caritativa e Humanitária) e gestão municipal decidiram paralisar as atividades nesta segunda-feira (12).

Os trabalhadores reivindicam um reajuste salarial de 20% e a manutenção da licença-maternidade de 6 meses para os trabalhadores da Seleta . A categoria almeja principalmente a valorização profissional. Atualmente os atendentes de berçários, recreadores e educadores recebem R$ 891,91, os auxiliares administrativos R$ 757,40, auxiliares de serviços gerais e cozinheiras R$ 725,50.

De acordo com a presidente do Senalba (Sindicato dos Empregados em Entidades Culturais, Recreativas, de Assistência Social, de Orientação e Formação Profissional), Maria Joana Barreto Pereira, a diretoria da Semed (Secretaria Municipal de Educação) afirmou que iria enviar uma nova proposta até o fim da noite desta sexta-feira (9), mas isso não aconteceu. Maria conta ainda que a presidente da Omep, Maria Aparecida, entrou em contato com ela, pedindo que ela não promovesse a greve, pois prejudicaria as crianças que dependem das creches.

“Não posso adiara greve, por que não sou eu que quero a greve, são as trabalhadoras. Estou junto com elas. Se ela não querem cancelar, também não cancelarei”, destacou Maria Joana.

Maria informou que vai levar uma proposta da categoria na manifestação marcada para segunda-feira, na praça do Rádio Clube Campo. “Utilizaremos todos os trâmites legais para informar as instituições empregadoras sobre a decisão da categoria. Desde já, pedimos o apoio e compreensão da sociedade, alertando que na segunda-feira devido ao movimento grevista, provavelmente, muitos Ceinfs não terão atividades”, finalizou.

Prefeitura vai reduzir jornada de trabalho de funcionários em Ceinfs
A Prefeitura de Campo Grande vai seguir a determinação do Governo do Estado e vai reduzir a jornada de trabalho dos funcionários cedidos para trabalh...
Secretária de Educação diz que serão 8 mil vagas nos Ceinfs até início de 2016
Até o início de 2016, devem ser criadas mais 8 mil vagas nos Ceinfs (Centro de Educação Infantil) de Campo Grande, segundo a secretária Municipal de ...
Programa Jovem Aprendiz seleciona 45 acadêmicos para trabalharem em Ceinfs
O "Programa Jovem Aprendiz", da Organização Mundial para Educação Pré-Escolar (OMEP/BR/MS), irá selecionar 45 acadêmicos dos cursos de Pedagogia, Edu...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions