A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

21/10/2015 14:03

Garota leva 12 pontos após sentar em assento solto em sofá do McDonalds

Juliana Brum
Criança cai em buraco de sofá do McDonalds e leva 12 pontos (Foto - Arquivo Pessoal)Criança cai em buraco de sofá do McDonalds e leva 12 pontos (Foto - Arquivo Pessoal)
O assento do sofá estava solto e os ferros de apoio feriram a menina (Foto - Arquivo Pessoal)O assento do sofá estava solto e os ferros de apoio feriram a menina (Foto - Arquivo Pessoal)

Uma criança de dois anos levou 12 pontos após se ferir em ferragens de banco solto do sofá da praça de alimentação do McDonalds, no Shopping Campo Grande. O acidente ocorreu na noite de terça (20).

A secretária Naiara Regina Nagib Jorge, 30 anos, contou que tinha acabado de comprar os lanches e, ao colocar a filha de dois anos no sofá, o banco se abriu e a menina ficou presa entre as ferragens.

Segundo a mãe, na hora a menina gritou e não parava de chorar. Ninguém do restaurante apareceu no momento, apenas após outro cliente chamar um funcionário, que a encaminhou para o pronto socorro do shopping.

"Na hora não nos deram nenhum respaldo, podiam ter mandado alguém junto comigo até o ambulatório para segurar minha bolsa, ajudar com a criança, mas nada foi feito. Depois meu marido voltou ao local e constatou que todos os outros sofás estavam com o banco solto e debaixo há ferros afiados, o que feriu minha filha," contou Nayara Nagib.

O acidente aconteceu por volta das 19h30 de ontem e ela contou que o restaurante estava cheio de crianças. Após às 21h, o pai da menina voltou ao local e viu que haviam interditado apenas o sofá onde aconteceu o acidente. Apesar dos outros bancos estarem soltos, segundo Nayara, não houve a interdição.

O enfermeiro, que a atendeu no momento, sugeriu que o local do corte fosse limpo por água oxigenada e não sabia dizer se ia necessitar de pontos. Insatisfeita com o atendimento do shopping, ela procurou uma farmácia, que recomendou o encaminhamento da criança ao Hospital da Criança, porque o corte foi profundo.

Nayara disse que apenas hoje (21) pela manhã, a família recebeu ligação do MacDonalds querendo saber se podiam fazer algo pela criança.

"Hoje nada mais havia para ser feito, porque na hora do susto não fomos atendidos como esperávamos. Nem o gerente estava no local na hora", lamentou a mãe.

Outro lado - Em nota, o McDonalds informou que a empresa prestou toda a assistência necessária e está a disposição. "Reforçamos que o bem-estar e a segurança de nossos clientes e funcionários são uma das prioridades da companhia", destacou. 

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions